Publicidade
Amazônia
ENCHENTE

Ajuda humanitária é enviada aos afetados pela enchente no interior do Amazonas

No município de Guajará, 1.051 famílias foram afetadas em pelo menos 31 comunidades 07/03/2017 às 10:25 - Atualizado em 07/03/2017 às 10:29
Show guajara
(Foto: Divulgação/Defesa Civil do Amazonas)
acritica.com Manaus (AM)

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, iniciou hoje, 07, a distribuição de 12 toneladas de ajuda humanitária aos afetados pela enchente na calha do Juruá. O primeiro município a receber os mantimentos foi Guajará, que está em Situação de Emergência. Guajará fica a 1.476 quilômetros, em linha reta, de Manaus e a 3.171 quilômetros, por via fluvial, da capital.

 “Esse primeiro atendimento deve garantir a proteção alimentar das famílias que estão prejudicadas pela enchente, e até que se reestabeleça a normalidade social na cidade, o órgão continuará dando o apoio necessário”, ressaltou o Secretário Executivo da Defesa Civil do Estado, coronel Fernando Pires Júnior.

 Ajuda humanitária

No município de Guajará, 1.051 famílias foram afetadas em pelo menos 31 comunidades. Para esta localidade foram entregues cestas básicas, kits de medicamento (antibiótico, vitamina, sais de hidratação, analgésico), kits de dormitório (lençol, rede, mosqueteiro), e kits de higiene pessoal e ainda, hipoclorito de sódio, para purificação da água.

 Próximo atendimento

O próximo a receber o socorro, será o município de Ipixuna, também na calha do Juruá. Nesta cidade, que está em Situação de Emergência por conta da enchente, 1.651 famílias foram afetadas e também serão atendidas com nove toneladas ajuda humanitária dos Governos Federal e Estadual.

 Monitoramento

A Bacia do Juruá continua em processo natural de enchente. No município de Guajará, por exemplo, a cota de hoje chegou a 16,68m, ultrapassando em 1,04m, a cota de transbordamento (12,64m).

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade