Terça-feira, 03 de Agosto de 2021
CONTRATO FIRMADO

Empresa irá captar investimentos para empresa de manejo sustentável florestal na Amazônia

Solstic Advisors irá assessorar a Amazon Sustainable Forestry, operação de reflorestamento e colheita sustentável na floresta amazônicac



AR2016-header_E3E463B3-B7B0-4685-B4F0-47B875F4CA73.jpg Foto: Reprodução/Internet
20/05/2021 às 12:04

A Solstic Advisors, boutique especializada em operações de M&A (Fusões e Aquisições) e captação de recursos, acaba de firmar contrato com a Amazon Sustainable Forestry - ASF Brazil para ser sua assessora financeira exclusiva com o objetivo de atrair potenciais investidores. 

Criada em 2016 no estado do Acre, na Amazônia brasileira, a ASF Brazil é uma operação de reflorestamento e colheita sustentável com mais de 40 mil hectares de áreas florestais e unidades de processamento de madeira em funcionamento nas cidades de Rio Branco e Xapuri. A empresa emprega, hoje, mais de 400 pessoas com carteira assinada, o que a torna um dos principais empregadores privados do Acre,  gerando impacto econômico e social nas comunidades locais.



“Em um primeiro momento, o perfil do investidor que buscaremos será Single e Multi-Family Offices, nacionais e estrangeiros, preocupados em investir em negócios que adotem as melhores práticas ambientais, sociais e de governança, o conceito ESG. Numa estratégia seguinte, vamos a fundos e investidores institucionais que considerem aplicar recursos financeiros em projetos com retorno de médio a longo prazo”, explica Flávio Batel, sócio-fundador e CEO da Solstic Advisors.  

Atuando com três verticais de negócios (manejo sustentável, reflorestamento e processamento de madeira), a ASF Brazil opera, atualmente, as unidades de processamento de madeira Agouti-Xapuri, instalada na cidade de Xapuri, que processa madeira dura (madeira de lei, de melhor qualidade) e produz pisos, decks, portas, dentre outros produtos, e a Triunfo-Rio Branco, especializada na produção de compensados de madeira branca e localizada em Rio Branco, capital do Acre.

Mesmo em um cenário de crise decorrente da pandemia do coronavírus, a ASF Brazil viu a demanda por seus produtos aumentar, fator que impulsionou a busca por investidores. No momento, praticamente toda madeira fabricada pela empresa é exportada. A madeira dura segue para países da Europa e da Ásia e 100% da madeira branca é vendida para companhias dos Estados Unidos.

"Com o intuito de potencializar nossa capacidade de produção e atender o constante aumento na demanda, estamos em negociações para aquisição de duas unidades de processamento de madeira adicionais e para construção de uma terceira. Fabricamos produtos acabados e de alto valor agregado, diferentemente de outras fábricas da região amazônica que produzem apenas pranchas brutas. Ao controlar toda a cadeia de valor - da floresta ao produto final - somos capazes de vender peças por preços mais altos do que a maioria dos nossos concorrentes, o que se traduz em mais empregos e em salários mais altos”, explica Flávio de Meira Penna, sócio-proprietário da ASF Brazil. 

Adotando pilares da preservação e transformação e cumprindo todas as leis de manejo sustentável do Estado do Acre, a ASF Brazil adquire terras e protege e transforma essas regiões por meio da colheita e do reflorestamento sustentável agrupando extensões de terra (chamados de clusters) ao redor de suas unidades de processamento de madeira, o que otimiza as operações e maximiza o acesso à diversidade de espécies madeireiras, além de garantir retorno financeiro e significativas mudanças ambientais e sociais. 

“Para comprarmos mais terras e expandirmos nossa atuação para regiões remotas da Amazônia, prevendo revitalizar outras comunidades que vivem em níveis de subsistência, buscamos investidores que se identifiquem com nosso negócio”, assinala Flávio Penna. 

Manejo sustentável, reflorestamento e processamento de madeira 

O manejo sustentável que a ASF Brazil realiza nas regiões de Rio Branco e Xapuri resulta no rejuvenescimento das florestas, uma vez que as árvores antigas, com copas muito grandes, impedem o crescimento das árvores menores e mais jovens. A empresa extrai tanto a madeira de lei quanto a madeira branca justamente para garantir um equilíbrio florestal.

Como uma empresa de gestão, a ASF Brazil preserva e transforma a floresta também por meio do reflorestamento sustentável: 80% das propriedades da companhia são dedicadas à colheita sustentável e nos 20% restantes de suas propriedades (atuais e futuras), a ASF implementa plantações de reflorestamento com espécies exóticas de alto valor de mercado, como teca, mogno, pau-rosa e paricá. O ciclo de reflorestamento da teca, por exemplo, é de 20 anos, com desbastes periódicos nos anos 8 e 17. Para garantir a integridade da cobertura florestal, a ASF Brazil transforma apenas de 1% a 2% da área, proporcionando a valorização de ativos a longo prazo. 

Ao processar as madeiras dura e branca na mesma empresa, a ASF Brazil não só aumenta a rentabilidade do produto, como também reduz despesas com logística e transporte. Segundo Meira Penna, o Acre abriga, aproximadamente, 320 unidades de processamento de madeira. No entanto, nenhuma delas fabrica o produto final como a ASF Brazil, que inclui peças como decks, portas, janelas, dentre outros. 

Impacto econômico e social 

A ASF Brazil emprega, com carteira assinada, mais de 400 funcionários, que antes do projeto existir viviam abaixo dos níveis de subsistência e dependentes de auxílios do Governo. Hoje, a empresa é um dos principais empregadores do Estado do Acre. 

“Nossa experiência operando na Amazônia demonstrou que o desenvolvimento sustentável por meio da colheita dos recursos renováveis das florestas pode diminuir o desmatamento, proporcionando, ao mesmo tempo, retornos tangíveis para as comunidades locais. São diversos os relatos de pessoas que conseguiram abrir seus próprios negócios depois que começaram a trabalhar na ASF Brazil, além de casos de crianças que levavam duas ou três horas para chegar à escola por falta de pontes para atravessar rios e riachos. Hoje, com as adaptações que realizamos nas regiões, esses alunos conseguem se deslocar com mais facilidade e tranquilidade”, destaca Meira Penna. 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  

A ASF Brazil cumpre 15 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015 que compõem uma agenda mundial para a construção e implementação de políticas públicas que visam guiar a humanidade até 2030: 1) Erradicação da Pobreza, 2) Fome Zero, 3) Saúde e Bem-Estar, 4) Educação de Qualidade, 5) Igualdade de Gênero, 6) Água Potável e Saneamento, 7) Energia Limpa e Acessível, 8) Trabalho Decente e Crescimento Econômico, 9) Indústria, Inovação e Infraestrutura, 10) Redução das Desigualdades, 11) Cidades e Comunidades Sustentáveis, 12) Consumo e Produção Responsáveis, 13) Ação Contra a Mudança Global do Clima, 14) Vida na Água, 15) Vida Terrestre, 16) Paz, Justiça e Instituições Eficazes e 17) Parcerias e Meios de Implementação. 

Sobre a ASF Brazil

A ASF Brazil adquiriu do Governo do Estado do Acre, em 2016, uma unidade de processamento de madeira, localizada na cidade de Xapuri, a cerca de 200 km da capital Rio Branco, que estava inutilizada há mais de quatro anos. Depois de um ano de reformas e investimento em novos equipamentos, o espaço passou a ser chamado de Agouti-Xapuri e iniciou suas operações. 

Em 2018, a empresa negociou a compra de uma segunda fábrica, a Triunfo-Rio Branco, instalada na capital do Estado. No mesmo ano, a ASF Brazil também adquiriu mais de 20 mil hectares de áreas florestais na parte norte do Acre. Atualmente, a empresa contabiliza mais de 40 mil hectares. Preocupada em contribuir com as comunidades locais, a companhia emprega mais de 400 pessoas, todas com carteira assinada, o que a torna um dos maiores empregadores privados do estado do Acre. 

À medida que a ASF Brazil expandir as operações para regiões mais remotas da Amazônia, prevê revitalizar outras comunidades que vivem em níveis de subsistência. Após a conclusão do cluster de linha de base de 250 mil hectares, a empresa espera impactar a vida de quase 20 mil pessoas.

Sobre a Solstic Advisors 

Fundada em março de 2019 na capital paulista, a Solstic Advisors é uma boutique de Fusões & Aquisições especializada em operações de M&A e captação de recursos para empresas do segmento middle market, isto é, negócios de médio porte com faturamento anual de até R$ 500 milhões, principalmente localizados em cidades do interior do Brasil. 

Um dos principais diferenciais da empresa é oferecer aos seus clientes nas operações de M&A, sem custos adicionais, um Corpo de Conselheiros Consultivos com sólida experiência em gestão formado por executivos C-Level ou empreendedores dos mais diversos setores, como Theo van der Loo, ex-CEO da Bayer no Brasil; José Roberto Loureiro, ex-CEO da Laureate; Lucas Medola, CFO do PayPal; Orlando Cintra, fundador da BR Angels; Dionísio Freire, sócio-fundador da Vogel Telecom e Geovana Donella, fundadora da Donella & Partners e consultora especializada em Governança Corporativa de Empresas Familiares. 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.