Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
COMBATE

Equipes policiais e ambientais vão ao Sul do AM para missão contra queimadas

Missão da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) terá apoio das Forças Armadas. Equipes vão atuar sobretudo em Humaitá, Apuí, Lábrea e Boca do Acre



IMG-20190827-WA0073_58650886-26EF-4FC8-A4AF-5350A985986E.jpg Foto: Divulgação/Secom
27/08/2019 às 18:03

Órgãos ambientais e de segurança do Amazonas fizeram uma reunião, nesta terça-feira (27), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), Zona Centro-Sul de Manaus, para discutir as trativas de combate às queimadas com o apoio das Forças Armadas.

O encontro colocou em pauta o início da missão da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) contra as queimadas no Amazonas. Equipes policiais e ambientais já estão na região sul do estado, onde se concentram os focos de calor e as queimadas, para combater o crime ambiental.



A expectativa é que a GLO atue principalmente nos municípios de Humaitá, Apuí, Lábrea e Boca do Acre. Essa área de atuação perfaz um total de 22.059,35 quilômetros, que deverão ser percorridos pela equipe.

A ação foi batizada de “Operação Kuruquetê”, em alusão a um rio afluente do rio Purus, localizado entre Lábrea e Canutama. Diante da gravidade do problema, as autoridades da área afirmaram, nesta reunião, a necessidade de haver uma força-tarefa a ser coordenada pelo Exército, com a finalidade de dar um combate mais efetivo e decisivo contra o que está ocorrendo.

De acordo com os organizadores da operação Kuruquetê, haverá duas bases de onde partirão as missões a serem executadas, sendo uma em Humaitá e outra em Apuí. Há possibilidade de outra base ser instalada no município de Boca do Acre, para abranger o Arco do Desflorestamento, dividido em três grandes e complexas áreas de interesse específico do trabalho.

A operação contará com integrantes do Exército, policiais militares, Corpo de Bombeiros Militar, técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), entre outros órgãos. 

Estiveram presentes na reunião representantes do Exército, Polícia Federal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Delegacia do Meio Ambiente, Sustentação e Proteção da Amazônia, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Ipaam, Ibama, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Defesa Civil do Estado, que decidiram pela ampliação da operação que vai contemplar, inclusive, novas ações de prevenção e repressão aos delitos ambientais como os focos criminosos de incêndio.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.