Domingo, 17 de Janeiro de 2021
MEIO AMBIENTE

Governo federal autoriza concessão de Floresta Nacional de Humaitá

Iniciativa envolve uma área de 200 mil hectares, que será dividida em três unidades de manejo florestal a serem ofertadas separadamente



WhatsApp_Image_2020-12-23_at_15.05.43_8023A45F-1725-4E42-9181-367B85B8E62E.jpeg Foto: Divulgação/SBF
23/12/2020 às 15:08

O governo federal autorizou a chamada "concessão florestal" da Floresta Nacional (Flona) de Humaitá, no sul do Amazonas, para atividades de manejo sustentável, segundo adiantou o site Amazonas Atual. A portaria, assinada pela ministra da agricultura Tereza Cristina, foi divulgada na edição desta quarta-feira (23) do Diário Oficial da União (DOU).

De acordo com o texto da portaria, a iniciativa envolve uma área de 200 mil hectares (equivalente a três vezes o tamanho da cidade de São Paulo), que será dividida em três Unidades de Manejo Florestal (UMF) a serem ofertadas separadamente.



Em novembro, o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) apresentou, durante audiência pública no município de Humaitá, uma proposta de edital para a concessão da Flona. Segundo o documento, o prazo total dos contratos é de 40 anos.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o plano de manejo da Flona de Humaitá foi aprovado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em maio de 2018 e "destina ao uso sustentável dos recursos florestais 310 mil hectares", área superior à que o governo planeja conceder à iniciativa privada.

As estimativas iniciais de produção, realizadas a partir da média dos demais contratos administrados pelo SFB, indicam produção anual de 155 mil m³ de madeira em tora. Atualmente, mais de uma dezena de florestas nacionais estão incluídas no regime de concessão.

Segundo o SBF, o processo de concessão florestal não inclui a titularidade imobiliária das áreas a serem manejadas, tampouco os direitos sobre a biodiversidade, subsolo e corpos hídricos, serviços ambientais (crédito sobre emissão evitada de carbono) e realização de caça ou pesca.

Flona

Com uma área de mais de 470 mil hectares, a Floresta Nacional de Humaitá foi criada em fevereiro de 1998. Tem como valor estratégico o Rio Madeira para escoamento de sua produção, ligando-se diretamente ao pólo madeireiro de Itacotiara, estando próxima a BR-319 e a apenas 200 km de Porto Velho.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.