Domingo, 18 de Abril de 2021
AUXÍLIO

Instituições Internacionais e Funbio apoiam enfrentamento à Covid-19 no Amazonas

O Banco Mundial, Consulado do Japão, Banco de Desenvolvimento da Alemanha KFW, Direct Relief e Agência Alemã de Cooperação Internacional GIZ, vão apoiar com donativos ou flexibilização de recursos



WhatsApp_Image_2021-01-29_at_00.50.31_30B7F171-4705-40CD-A110-572E600E513B.jpeg Foto: Arthur Castro / Secom
28/01/2021 às 17:00

O governador do Amazonas, Wilson Lima, encaminhou um pedido de apoio à comunidade internacional, doadores e organizações não governamentais, para o enfrentamento da crise na Saúde provocada pelo recrudescimento da pandemia. Ao todo, sete instituições já declararam suporte ao Estado, em resposta à carta, informou o secretario do Meio Ambiente, Eduardo Taveira.

A carta aberta, enviada com apoio da Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas – GCF Task Force –, tem o objetivo de reunir esforços junto às entidades parceiras do Estado, para frear os impactos da segunda onda de contaminação da Covid-19, em especial, sobre comunidades tradicionais em Unidades de Conservação (UC) e povos indígenas.



O secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, responsável pela articulação, ressalta que o chamamento das entidades visa criar mecanismos de proteção para os grupos que se encontram em situação de maior vulnerabilidade, por conta da distância logística envolvida em respostas rápidas à situação de crise.

“O governador Wilson Lima tem procurado todo o tipo de parceria possível para minimizar os impactos desta segunda onda que atingiu o Amazonas, em especial à capital. O objetivo dessa carta aberta é mobilizar financiadores, países que normalmente ajudam o Estado com as questões ambientais, para que também se comprometam nessas ajudas no combate emergencial à Covid”, disse.

Solidaridade

Com o envio da carta, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), recebeu o retorno de sete entidades, que declararam apoio às ações de enfrentamento à pandemia, com donativos ou flexibilização de recursos.

Entre as instituições que ofereceram suporte estão o Banco Mundial, o Consulado do Japão, o Banco de Desenvolvimento da Alemanha KFW, a organização sem fins lucrativos Direct Relief, a Agência Alemã de Cooperação Internacional GIZ e o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio).

Acordo de Cooperação 

 Um dos resultados da articulação é o Acordo de Cooperação Técnica (ACT) que está sendo construído junto ao Funbio, para a implementação de atividades de suporte à estruturação de 20 unidades de saúde em 10 municípios do Amazonas que atendem populações residentes em Unidades de Conservação e entorno, com recursos do Fundo Emergencial Covid-19, gerido pela entidade.

“Junto ao GCF, que tem nos apoiado na divulgação da carta, a Sema tem articulado uma estratégia para organizar a arrecadação desses fundos, prevendo justamente uma ação de contenção da doença, equipando os Municípios mais distantes com capacidade de resposta à Covid-19 junto a essas comunidades e povos”, explicou Taveira.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.