Sábado, 19 de Junho de 2021
Perseguição

Lideranças da Igreja Católica enfrentam ameaças de morte por defenderem a Amazônia e os povos indígenas

Bispos perseguidos e jurados de morte por enfrentarem grileiros e garimpeiros enviaram uma carta aos presidentes do Senado e da Câmara com propostas econômicas e sociais



IGREJA_ED4382CB-FF11-4C2D-A4D9-F7AB4854EE0F.jpg Foto: Reprodução/Internet
07/06/2021 às 17:51

Uma coalizão de lideranças e entidades católicas entregou na semana passada aos presidentes do Senado e da Câmara uma carta com propostas econômicas e sociais. O foco é sugerir mudanças que permitam aliar redução de desigualdade e preservação do meio ambiente. A carta é assinada por bispos que hoje são perseguidos e jurados de morte por enfrentarem grileiros e garimpeiros.  

Dom Erwin Krautler, presidente da REPAM-Brasil, é um dos membros do movimento e fez parte do conselho de preparação do Sínodo da Amazônia. O bispo do Xingu é protegido 24 horas por por uma escolta armada há mais de dez anos, devido às ameaças de morte que sofre por seu trabalho em defesa de povos indígenas e do meio ambiente.



O movimento pede urgência na elaboração de novos caminhos para problemas sociais e econômicos estruturais do Brasil, levando em conta sempre a preservação do meio ambiente e dos direitos de povos e comunidades tradicionais.

Dom Roque Paloschi, Arcebispo de Porto Velho (RO) e Presidente do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), também já sofreu perseguições, processos, e sofreu pressão através de investigações abertas pelo poder público por sua atuação em defesa dos povos tradicionais da Amazônia.

Além da carta, foram entregues a comissões parlamentares documentos que cobram posições dos parlamentares. Esses documentos são pautados pela agenda da “Economia de Francisco e Clara”, convocada pelo Papa Francisco para a construção de um novo modo de pensar a economia. A proposta é formada por 12 (doze) vilas temáticas que refletem temas diversos. Numa análise dos Projetos de Lei hoje em tramitação em comissões da Câmara e do Senado, foram identificadas 37 proposituras relacionadas às três Vilas temáticas prioritárias,  referentes a normas ambientais e de mudança do clima em tramitação. Acesse aqui os ofícios  Energia e Vulnerabilidade, CO2 da Desigualdade e Agricultura e Justiça.

Fazem parte desse esforço de diálogo com o poder público mais de 20 entidades católicas do país, incluindo organismos da CNBB como Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM-Brasil), Cáritas Brasileira, Movimento Católico Global pelo Clima (GCCM)instituições ecumênicas e organizações da sociedade civil.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.