Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
Amazônia

Municípios do Alto Solimões criarão aterro sanitário em conjunto

Atualmente a destinação do lixo recolhido nas duas cidades é depositado em um lixão. O de Benjamin Constant está localizado dentro da área urbana e de Atalaia em uma área na estrada a cinco quilômetros da área urbana



1.jpg Participaram da reunião o prefeito em exercício de Atalaia do Norte, Robinson Moss, além de secretários municipais
26/09/2013 às 18:52

As prefeituras de Benjamin Constant e Atalaia do Norte (distantes 1.575 e 1.623 quilômetros da capital, respectivamente), ambas localizadas na região do Alto Solimões, deram na manhã desta quinta-feira (26) o primeiro passo para a criação de um consócio para a implantação de aterro sanitário comum para os dois municípios.

Uma comissão liderada pelo secretário de Governo de Benjamin Constant, Amauri Maia, entregou ao vice-prefeito e prefeito em exercício de Atalaia do Norte, Robinson Moss, a minuta de um termo de convenção para ser analisada e receber emendas. O termo de convenção é o primeiro passo para que as duas Prefeituras criem oficialmente consórcio para a implantação do Aterro Sanitário pelos dois municípios.

Os dois municípios estão interligados pela estrada Benjamin/Atalaia em uma extensão de 22 quilômetros. A proposta de criação de um aterro sanitário único para os dois municípios vem sendo tratada pela prefeita de Benjamin Constant, Iracema Maia (PSD) e o prefeito de Atalaia do Norte, Nonato Tenazor (PDT).

Atualmente a destinação do lixo recolhido nas duas cidades é depositado em um lixão. O de Benjamin Constant está localizado dentro da área urbana e de Atalaia em uma área na estrada a cinco quilômetros da área urbana.

Nesta primeira reunião, foi proposta a constituição de um grupo de trabalho com representantes das duas prefeituras. O grupo terá responsabilidade de elaborar o texto final do termo de convenção para a constituição do Consórcio, estabelecer qual o modelo de consórcio (público ou privado), escolha da área para a implantação do futuro aterro sanitário, elaboração do Estatuto do consórcio.

“Nós deveremos constituir no primeiro consórcio compartilhado para a destinação final do lixo em todo o Estado”, afirmou Amauri Maia que foi acompanhado pela secretária municipal de Educação, Maria José Lima Jean e de assessores das secretarias do meio Ambiente, Saúde e de Planejamento da Prefeitura.

Para o prefeito em exercício de Atalaia do Norte, é importante que os dois municípios se unam para resolver um problema comum, bem como nas vantagens que as duas Prefeituras podem auferir. “Temos que aproveitar esse momento para buscar recursos”, afirmou Robinson.

Além do prefeito em exercício, participaram da reunião os secretários municipais Rubenei Castro Alves (Governo), Deisimar Freitas Rodrigues (Transporte), João Carlos Chagas (Obras) e Thiago Baima (Administração). Ao final do encontro, foi definida a segunda reunião no próximo dia 3 de outubro (quinta-feira) em Benjamin Constant com os dois prefeitos.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.