Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
Amazônia

Museu da Amazônia inaugura borboletário no Jardim Botânico de Manaus, em 2013

O borboletário será instalado numa área de clareira do Jardim Botânico de Manaus e utilizará os troncos e liquens para o paisagismo natural



1.jpg Existem mais de 500 espécies de borboleta na Reserva Ducke
03/05/2012 às 17:37

O Museu da Amazônia (Musa) deve inaugurar um borboletário em 2013. Estima-se que existam cerca de 500 espécies de borboletas na Reserva Ducke, das quais 100 oferecem viabilidade para serem utilizadas no projeto, segundo pesquisadores que atuam nessa fase de implantação.

O borboletário será instalado numa área de clareira do Jardim Botânico de Manaus e utilizará os troncos e liquens ali existentes para proporcionar um paisagismo natural, de modo a permitir a imersão do visitante no ambiente dos animais, sem causar estresse.



Ao todo, serão 500m² de ambiente telado, com uma área de 100m² para o início da criação dos ovos (de onde emergirão as lagartas e borboletas) e um horto para cultivo das plantas que serão usadas pelos animais, como alimento.

No borboletário, o visitante vai poder acompanhar todo o ciclo de vida das borboletas, desde o estágio dos ovos, que eclodem dando origem as larvas para virarem lagartas, até formarem as pupas (crisálidas) que se transformarão em borboletas (imagos).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.