Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
OPÇÃO

Trilhas interpretativas ampliam educação ambiental no Parque Sumaúma

A nova modalidade será iniciada no domingo (21), quando a unidade de conservação recebe a campanha nacional 'Um Dia no Parque'. Confira os horários das trilhas, que são gratuitas



WhatsApp_Image_2019-07-20_at_10.03.52_765C08F7-71C3-459B-B2E3-DB201AA38ACF.jpeg (Foto: Ricardo Oliveira / Sema)
20/07/2019 às 10:58

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) fortalecerá as ações de educação ambiental, a partir deste fim de semana, com a implementação de trilhas interpretativas no Parque Estadual Sumaúma, Unidade de Conservação (UC) estadual localizada na Cidade Nova, zona norte de Manaus. Servidores e voluntários passaram por treinamento sobre o tema até esta sexta-feira (19) no Parque. A nova modalidade será iniciada no domingo (21), quando a UC recebe a campanha nacional “Um Dia no Parque”.

De acordo com o técnico da Sema, Jefferson Moreira, as trilhas interpretativas permitirão que os visitantes entendam a função do ecossistema protegido pela UC.

“Essas trilhas farão parte do cronograma de atividades da campanha 'Um Dia no Parque' mas também da nova rotina que esta gestão vem propondo para o Sumaúma. Elas têm como objetivo focar na educação ambiental, promover uma aproximação maior entre a sociedade e o meio ambiente e que, acima de tudo, as pessoas possam entender a pressão que o parque sofre e como elas fazem parte da defesa deste espaço, além dos benefícios da UC para a qualidade de vida de quem mora na capital”, disse.

Com a nova modalidade de trilhas, a Sema reativará a Trilha Nascente do Goiabinha, que leva até uma nascente de água cristalina preservada no interior do parque. Da Trilha Nascente do Goiabinha, os grupos partirão para a Trilha do Jabuti ou para a Trilha do Buritizal.

Estas visitações deverão ser obrigatoriamente feitas com condutores capacitados pela Sema. Quem desejar fazer passeios de forma independente poderá utilizar a trilha pavimentada, que tem um circuito menor ao redor das áreas comuns da UC, geralmente usada para atividades físicas.

Duração das visitas - A visita guiada nas trilhas interpretativas levam cerca de 60 minutos, cada. A atividade contará ainda com um circuito de sensibilização que inicia na Sala da Biodiversidade Sauim-de-Coleira, com um cine ambiental. Durante todo o trajeto, que envolve ainda outras áreas de convivência no Parque, serão repassadas informações sobre reflorestamento, recursos hídricos e uso sustentável dos recursos naturais. 

O secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Taveira, reforçou a importância do Parque como um espaço de lazer e democratização da educação ambiental na zona norte.

“Temos o Sumaúma como uma opção gratuita de encontro para famílias e amigos, que permite não apenas que as pessoas desconectem do estresse do dia a dia, mas que elas se reconectem consigo e com a natureza. É uma maneira de mostrar que as pessoas também fazem parte do meio ambiente", destacou o titular da Sema, Eduardo Taveira.

Horários das trilhas

No domingo (21/07), serão organizadas oito saídas de grupos para as trilhas, nos seguintes horários: 9h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 14h30, 15h e 15h30. É recomendado o uso de sapatos fechados (tênis ou bota), protetor solar e roupas frescas e confortáveis, como as usadas para prática de atividades físicas. É importante também que os visitantes levem garrafa ou squeeze com água para hidratação, atentando para o descarte adequado dos resíduos nas lixeiras instaladas nas áreas comuns do parque.

Campanha ‘Um Dia no Parque’

O Parque Estadual Sumaúma será uma das 197 UCs em todo o país a receber, no próximo domingo (21/07), a campanha nacional “Um Dia no Parque”. As portas da unidade serão abertas para a população com programação gratuita das 8h às 16h. A atividade é promovida pela Sema, em parceria com o WWF-Brasil e Instituto Sumaúma.
 
Idealizada pela Rede Pró UC em parceria com a Coalizão Pró-Unidades de Conservação, a campanha tem o objetivo de mostrar às pessoas que perto delas provavelmente há uma Unidade de Conservação, e que ali é possível praticar diferentes atividades, tanto sozinho como em grupo.
 
A agenda especial no Parque iniciará às 9h, com uma saída fotográfica sobre conservação ambiental. Fotógrafos profissionais e amadores se reunirão no espaço e serão guiados pelas trilhas para capturar imagens da biodiversidade no local, sob o ângulo de cada um.
 
A partir das 9h, serão exibidos ainda filmes de temática socioambiental na Sala da Biodiversidade Sauim-de-coleira, e realizadas atividades lúdicas para crianças, como jogos e teatros de fantoches sobre educação ambiental. Uma exposição entomológica itinerante será exibida no Parque também no domingo, das 9h às 16h. Às 10h30 e às 14h30, serão promovidos quizzes com crianças sobre os temas abordados nas atividades de educação ambiental.
 
A agroecologista Renata Peixe-Boi realizará ainda uma atividade de vivência sobre Plantas Alimentícias Não-Convencionais (PANCs), a partir das 15h. Será feita uma breve explicação sobre o tema, e, em seguida, os participantes da atividade seguirão para as trilhas do parque com a especialista para aprender a identificar as PANCs encontradas no local, apresentando alternativas mais saudáveis de alimentação e disseminando conhecimento sobre o tema.
 

Receba Novidades

* campo obrigatório
News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.