Publicidade
Amazônia
Aniversário Samaúma

Parque Sumaúma completa 10 anos de existência

Programação que comemora aniversário do parque vai até esta quarta-feira, com trilhas e inauguração de biblioteca; objetivo é servir de ponto turístico 11/09/2013 às 18:32
Show 1
Escolas levaram alunos para conhecer a unidade de conservação durante a semana
Jornal A Crítica ---

Primeira Unidade de Conservação Estadual em Manaus, o Parque Estadual Sumaúma, localizado na rua Bacuri, bairro Cidade Nova, Zona Norte, completou dez anos de existência com atividades para alunos de 13 escolas municipais e estaduais situadas no entorno do parque.

Apesar de existir há bastante tempo, o parque Sumaúma ainda é pouco conhecido pelos moradores do bairro e por isso tem passado por uma série de mudanças para atrair visitantes.

Segundo a gestora do parque, Priscila Barros, quem visita o local pela primeira vez sempre se surpreende com a beleza  do local. Ela afirma que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS) tem feito um trabalho de divulgação com carros de som, visita às casas e palestras nas escolas próximas para convidar os moradores a conhecer o parque. “O principal objetivo dessa comemoração estendida até o dia 11 foi para que pudesse ser feito esse trabalho”, disse a gestora.

Nesta quarta-feira(11), durante o encerramento da comemoração, será inaugurada da biblioteca “Edmilson Rodrigues”. O local que recebe o nome de um dos fundadores e grande defensor do parque foi montado a partir de doações feitas por professores de escolas públicas próximas ao parque e pretende ser um espaço para os alunos conhecerem um pouco mais sobre a Amazônia e principalmente aprender como conservá-la.

Além da biblioteca, quem visitar o parque vai poder assistir filmes, fazer trilhas na floresta e brincar no playground. O parque também é utilizado por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Universidade Federal do Amazonas (Ufam)e Universidade do Estado Amazonas (Uea) para pesquisas na área de conservação.

Estrutura

Atualmente o parque conta com nove agentes que atuam realizando atividades de proteção e orientação dos visitantes. Por ser um número ainda pequeno o parque não é aberto todos os dias.

Segundo Priscila, novas contratações estão sendo feitas para que o local funcione durante todos os dias da semana e atenda a demanda de visitantes que, somente na semana de comemoração, passou de 20 para 40 pessoas todos os dias.

A meta, de acordo com Priscila, é que o Parque Samaúma participe do projeto “Parques da Copa”, como mais um ponto turístico tanto para os visitantes do evento como para os próprios manauaras.

Publicidade
Publicidade