Segunda-feira, 17 de Maio de 2021
CONCESSÃO

Parques nacionais de Anavilhanas e do Jaú serão concedidos à iniciativa privada

Decreto do Governo Federal incluiu os dois parques localizados no Amazonas no Programa Nacional de Desestatização



31801192117_9a6b05677d_c_D63B2A75-BF71-4710-9567-856BF1AC1AAB.jpg Foto: Reprodução/Internet
14/04/2021 às 11:55

O Governo Federal publicou, na manhã desta quarta-feira (14), um decreto que qualifica os parques nacionais Anavilhanas e do Jaú - ambos localizados no Amazonas - no âmbito Programa de Parcerias de Investimento (PPI) e inclui no Programa Nacional de Desestatização (PND). Ou seja, as unidades de conservação serão concedidas para a iniciativa privada, que passará a prestar serviços de apoio à visitação, com previsão de custeio de ações de apoio à conservação, proteção e gestão dos parques.

A Secretaria Especial do PPI, do Ministério da Economia, destacou que se trata de um projeto de concessão. Portanto, os patrimônios continuam sendo da União.



“O objetivo é aprimorar e diversificar os serviços ofertados nas unidades, garantindo o aproveitamento sustentável das potencialidades econômicas existentes, além de agregar maior eficiência na gestão e na conservação da biodiversidade, aliada à geração de emprego e renda para a população local”, informou em comunicado.


Parque nacional do Jaú também será concedido. Foto: Reprodução/WWF

Além das unidades de conservação de Anavilhanas e do Jaú, os parques nacionais da Serra dos Órgãos (RJ), da Chapada dos Guimarães (MT), de Ubajara (CE), da Serra da Bocaina (divisa entre RJ e SP), da Serra da Capivara (PI), da Serra da Bodoquena (MS) e a Floresta Nacional de Brasília (DF) também serão concedidos para a iniciativa privada.

A concessão 

A qualificação no âmbito do PPI serve para confirmar o caráter estratégico dos empreendimentos para o governo federal. Assim, será dado tratamento prioritário aos projetos de concessão. 

O processo contará, na sequência, com estudos de avaliação da viabilidade técnica, econômica, financeira e ambiental, levando em consideração todas as especificidades e Planos de Manejo das unidades de conservação.

Após a conclusão dos estudos, o projeto será submetido à consulta e audiência pública e passará também por avaliação prévia do Tribunal de Contas da União (TCU).

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.