Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Amazônia

Profissionais de A Crítica vencem duas categorias do Prêmio Onça Pintada de Jornalismo

O repórter fotográfico do jornal A Crítica, Márcio Silva, venceu a categoria Fotojornalismo com a imagem “Condenado à Morte”. Já a jornalista Elaíze Farias foi a vencedora na categoria impresso



1.jpg Prêmio Onça-Pintada de Jornalismo contempla notícia e o Meio Ambiente
05/06/2013 às 15:56

Dois profissionais do jornal A Crítica estão entre os vencedores da 1ª edição do Prêmio Onça Pintada de Jornalismo. Os nomes dos premiados foram divulgados na manhã desta quarta-feira (5), em cerimônia no Studio, Zona Sul de Manaus, durante a Semana de Meio Ambiente organizada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS).    

Ao todo, 41 pessoas se inscreveram, entre profissionais e acadêmicos. A premiação totaliza R$ 32 mil, sendo 5 mil para o vencedor nas categorias profissionais e R$ 2 mil para o vencedor na categoria acadêmicos.



O repórter fotográfico do jornal A Crítica, Márcio Silva, venceu a categoria Fotojornalismo com a imagem “Condenado à Morte”.

Já a repórter Elaíze Farias, que desde abril não integra mais o quadro do jornal A Crítica, foi a vencedora na categoria impresso com matéria “Animal mais ameaçado da Amazônia, sauim de coleira pode ser extinto em poucas décadas” – publicada em especial no jornal A Crítica.

“Antes de tudo, é um reconhecimento de esforço do jornalista, da nossa batalha diária de desenvolver uma boa pauta. No caso específico do sauim de coleira, acredito que ele vai ajudar a dar ressonância a um problema que precisa ser levado a sério, que é a ameaça de extinção de um animal que é endêmico de Manaus. Minha intenção com esta matéria foi dar uma chacoalhada nas autoridades públicas e na sociedade. Dizer "gente, temos um animal só nosso, exclusivo, mas que se não cuidarmos, ele simplesmente pode desaparecer", disse Elaíze.

A jornalista destacou ainda a relevância das empresas jornalísticas investirem nas reportagens especiais. “Quanto ao desafio de escrever sobre a Amazônia, acho que são vários: desde o desafio geográfico e logístico, deslocamento para as áreas é caro e exige altos investimentos, e quase nenhum interesse das empresas em investir em grandes pautas”, disse Elaíze.

Vencedores

A premiação faz parte da programação de comemoração dos 10 anos da SDS. Os participantes concorriam nas categorias Rádio, TV, Impresso, Internet e Acadêmicos de Jornalismo.

Os vencedores foram: Edilene Silva (Acadêmico de Jornalismo); Eliena Monteiro e Edilene Mafra (Radiojornalismo); Izinha Melo (Webjornalismo); Orlando Júnior (Reportagem Cinematográfica); Márcio Silva (Fotojornalismo); Daniela Assayag (Telejornalismo); e, Elaíze Farias (Jornalismo Impresso).

Ao todo foram inscritos 2 trabalhos Acadêmicos de Jornalismo; 7 de Radiojornalismo; 12 de Webjornalismo; 14 Reportagens cinematográficas; 9 na categoria Fotojornalismo; 7 na Telejornalismo e 13 na categoria Jornalismo Impresso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.