Terça-feira, 22 de Setembro de 2020
PROTEÇÃO

Sema apresenta ao Exército perspectivas para o combate ao desmatamento

Exposição foi feita em evento que discute oportunidades e estratégias de atuação entre os órgãos de proteção ambiental do Estado, do Sistema de Segurança Pública, e do Exército



WhatsApp_Image_2020-07-21_at_18.17.27_5367B900-5466-419A-AD40-80DA5AAAC1B6.jpeg (Fotos: Divulgação)
21/07/2020 às 18:27

Um painel sobre melhores práticas de prevenção e combate ao desmatamento e queimadas na Região Metropolitana de Manaus (RMM) foi apresentado ao Exército Brasileiro, nesta terça-feira (21/07), pelo secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira. A exposição foi feita durante o Seminário Ambiental do 2º Grupamento de Engenharia.

O evento discute, até esta quarta-feira (22/07), oportunidades e estratégias de atuação entre os órgãos de proteção ambiental do Estado, do Sistema de Segurança Pública, e do Exército, no âmbito da Força Tarefa Conjunta Integrada General Rodrigo Octávio (FTCI GRO), que integra a Operação Verde Brasil 2.



“Abordamos a importância dessa integração das agendas federais e estaduais para o combate às ilegalidades ambientais no Amazonas, em especial para a redução dos índices de queimadas no período de estiagem. É urgente essa integração, para conter a degradação florestal e para evitar que problemas relacionados com o aumento das queimadas somem-se ainda com a luta contra a Covid-19, principalmente no interior do estado, onde há uma prevalência dos casos”, disse o titular da Sema, Eduardo Taveira.

Ainda segundo o secretário, o encontro foi uma oportunidade de reconhecer a importância das ações de comando e controle, sobretudo, alinhadas com uma agenda de desenvolvimento sustentável para a região. Durante o painel, ele também apresentou os principais eixos do Plano de Prevenção e Controle de Desmatamento e Queimadas (PPCDQ-AM) do Governo do Amazonas.

“O PPCDQ Amazonas está baseado em eixos, para além do comando e controle. Inclui também a parte de regularização fundiária, o fortalecimento e a modernização do Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas) e o apoio, obviamente, aos pequenos produtores rurais, que são os mais impactados com essa pressão do aumento do desmatamento. A missão é separar o joio do trigo, trabalhar com inteligência e, ao mesmo tempo, dar os resultados que a sociedade espera dessa ação integrada”, pontuou. 

Ação integrada – A Força-Tarefa General Rodrigo Octávio foi lançada no dia 24 de junho, com foco no combate às queimadas nas cidades que compõem a Região Metropolitana e municípios de entorno, bem como ações de prevenção.

A operação envolve órgãos do Sistema de Segurança, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, além dos órgãos ambientais estaduais, como a Sema e o Ipaam, além de órgãos federais, como o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.