Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
histórico violento

Acusada de participar de dois homicídios é presa em Manaus quando saía de presídio

Célia Ribeiro Fonseca foi presa quando tinha ido visitar o marido dela, que está preso no Compaj condenado por homicídio



WhatsApp_Image_2016-12-28_at_13.31.21.jpeg
Célia cometeu homicídios nos meses de agosto e setembro, de acordo com a polícia (Foto: Erlon Rodrigues / PC)
28/12/2016 às 13:53

Célia Ribeiro Fonsceca, 24, foi presa em cumprimento a mandado de prisão acusada de participar de dois homicídios ocorridos nos meses de agosto e setembro, no bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste de Manaus.

A primeira vítima de Célia foi Sol Aniba Soares de Souza, 34, que foi morta por agressão física e facadas. O corpo dela foi encontrado enterrado de cabeça para baixo, em uma invasão do bairro Gilberto Mestrinho, no mês de agosto deste ano.

Já a outra vítima, identificada como Jesse Eurico Barroso, 21, foi morta a pauladas a cerca de 50 metros do local onde foi encontrado o primeiro corpo. Este segundo fato ocorreu no mês de setembro.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Ivo Martins, a mulher é a mandante e também participou dos dois crimes. "No primeiro caso o motivo foi porque a vítima tinha o costume de 'caguetar' a Célia, que estava comandando o tráfico de drogas naquela área. Já no segundo caso o motivo foi porque Jesse, que era soldado da autora, queria sair daquela vida e tinha ameaçado entregar a Célia para a polícia", informou Martins.

Célia foi presa na última quinta-feira (22), no momento que saia do Complexo Penitenciário Anísios Jobim ( Compaj), onde tinha ido visitar o companheiro que se encontra preso por homicídio. Ela foi indiciada por dois Homicídios qualificados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.