Publicidade
Manaus Hoje
CADEIA

Acusado de liderar o PCC em Manaus e ordenar mortes é preso no Nova Cidade

Delegado afirmou que Ismael Reis de Sena traficava drogas e mandava matar quem atrapalhasse o negócio; uma mulher também acabou presa na operação 28/03/2017 às 11:31 - Atualizado em 28/03/2017 às 11:32
Show whatsapp image 2017 03 28 at 11.19.10
Segundo delegado, Ismael é um dos mentores das mortes na Vidal Pessoa (Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

Apontado pela polícia por ser um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Ismael Reis de Sena, 28, foi preso na noite da última segunda-feira (27), na residência onde morava, no bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus.

Uma mulher que trabalhava para ele, identificada como Mayara Abdon de Souza, 24, também foi presa, durante a ação em uma casa no bairro Amazonino Mendes, na mesma zona da cidade.

De acordo com o delegado Paulo Mavignier, do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), Ismael é investigado por envolvimento com tráfico de drogas e homicídios em função da disputa por território por traficantes. "Ele dominava a zona Norte e para isto, mandava matar que estivesse atrapalhando o negócio dele", disse.

Ismael é apontado ainda por ser o mentor das quatro mortes que ocorreram na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, ocorrida no início de janeiro deste ano.

Conforme o delegado, ao chegarem à casa do infrator, o mesmo disse que a droga dele ficava guarda na casa de Mayara. Com ela foram apreendidos cerca de dois quilos de maconha.

A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Publicidade
Publicidade