Publicidade
Manaus Hoje
LATROCÍNIO

Acusado de matar passageiro de ônibus em assalto em Manaus em 2016 é preso

Emerson “Sheik”, 21, é o último a ser preso dos quatro que participaram do latrocínio. “Vou pagar pelo que fiz e quando estiver livre vou viajar para outro estado”, disse. A vítima foi morta com um tiro na nuca 12/12/2018 às 10:56 - Atualizado em 12/12/2018 às 11:08
Show 9847a441 c897 42f0 9512 4d2cb448ffbb 3c430875 6f34 4aa7 a040 1e96e14a6b22
Foto: Jander Robson
Joana Queiroz Manaus (AM)

Emerson Rodrigues de Oliveira, 21, o “Sheik”, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas acusado participar do latrocínio que vitimou, em 2016, o carpinteiro Waldenire Justino da Silva, 32, durante um assalto a ônibus no bairro Santo Agostinho, na Zona Oeste de Manaus. A vítima, passageira do ônibus, foi morta com um tiro na nuca.

Sheik foi estava foragido desde então e foi preso domingo (9) por policiais militares no Centro. Hoje, o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), delegado Adriano Félix, afirmou que Sheik é o último a ser preso dos quatro que participaram do crime. “Ele contou que depois do assalto fugiu para Manacapuru e depois voltou para capital, se converteu a uma igreja evangélica e passou a trabalhar” contou o delegado.

No dia do crime, Sheik e os comparsas entraram no coletivo armados, renderam os passageiros e passaram a recolher os pertences das vítimas. Eles chegaram a recolher 25 celulares, além de bolsas e outros pertences. No momento que foram abordar Waldenire, o carpinteiro se assustou e tentou fugir, mas logo recebeu um tiro na nuca disparado por Érico Rodrigues da Silva, o “Taz-Mani”, que já está preso. A vítima ainda foi levada a um hospital, mas não resistiu e morreu.

Hoje, quando foi apresentado à imprensa na delegacia, Sheik se disse arrependido e que esse foi o único crime que cometeu na vida. “Vou pagar pelo que fiz e quando estiver livre vou viajar para outro estado” disse Sheik. Ele será encaminhado hoje para uma unidade prisional do Estado.

Publicidade
Publicidade