Terça-feira, 26 de Maio de 2020
CORPO ENCONTRADO

Adolescente de 17 anos é encontrada morta em terreno da Zona Leste

A jovem teria sido morta por outros dois adolescentes após uma discussão. A mãe de um dos adolescentes chegou ao local do crime na hora em que a dupla estava enterrando o corpo da vítima



67e8d0fc-b76d-40df-9a72-ffc15916e5cf_B3EBFA0E-4504-41CB-8C63-5E0226DB8C6F.jpg Foto: Jair Araújo
18/03/2020 às 09:52

O corpo de uma adolescente de 17 anos foi encontrado após a vítima ter sido morta por dois menores de idade, em um terreno baldio atrás de uma casa, na rua Ernesto Costa, bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus. O crime teria acontecido após um desentendimento entre os jovens e a vítima. A dupla tentou colocar o corpo da jovem em uma máquina de lavar, para “desovar” em um local próximo, conforme a Polícia Civil (PC).

O trio estava consumindo drogas no terreno baldio, antes do crime acontecer. O assassinato ocorreu por volta das 5h desta quarta-feira (18).



Segundo o delegado Guilherme Antoniazzi, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), os dois jovens estrangularam a vítima até a morte e tentaram ocultar o corpo.

“Depois do estrangulamento, tentaram colocar o corpo dela dentro de uma máquina de lavar. Para tanto, lubrificaram o cadáver dela todo com lubrificante de caminhão”, relatou Antoniazzi.

Após não conseguirem encaixar o corpo da jovem dentro da máquina de lavar, a dupla optou por cavar uma cova no solo do terreno baldio.

A mãe de um dos adolescentes chegou ao terreno baldio no momento em que a dupla estava enterrando o corpo dela. A parente acionou a Polícia Militar.

“Além de ser estrangulada com um fio de força, ela foi esfaqueada no peito. Na necropsia identificaremos a causa mortis exata. Mas foi um crime muito cruel”, relatou o delegado.

A autoridade policial informou, ainda, que os dois adolescentes foram detidos e levados à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Um deles tem 17 anos, e o outro 16. A jovem foi identificada, preliminarmente, apenas como “Vitória”. A PC dará prosseguimento às investigações para identificação da vítima. 

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) constatou três ferimentos provocados por arma branca. 

Conhecidos em festa 

Conforme Antoniazzi, um dos jovens conheceu Vitória em uma festa. “Ela frequentava bastante a casa dele, aqui no Colônia Antônio Aleixo”. 

O próximo passo da PC será ouvir os depoimentos dos adolescentes para dar prosseguimento às investigações.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.