Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
ZONA SUL

Adolescente é morto na Betânia; amigo da vítima teria envolvimento no crime

Testemunhas informaram que Romulo Cezar, de 17 anos, estaria recebendo ameaças de um amigo de infância que teria mudado de facção criminosa



FOTO_MARCELY_20401DE4-6C62-477F-A1C6-8D1E85553936.jpg Foto: Marcely Gomes
08/01/2020 às 12:59

Romulo Cezar Costa da Silva, 17, foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (8) em uma casa que fica no Beco São Cristovão, com acesso pela Rua do Aterro, bairro Betânia, Zona Sul. Segundo testemunhas, ele estaria sendo ameaçado por um amigo de infância identificado como "Italo Bolota" que teria mudada de facção criminosa.

Testemunhas contaram que a vítima morava no Prosamim do Morro da Liberdade, Zona Sul, mas estava sofrendo ameaças de morte e decidiu ir se esconder em uma casa que fica no Beco São Cristovão. A dupla era da facção criminosa Família do Norte (FDN), mas Bolota teria trocado para o Comando Vermelho (CV).



Ainda testemunhas explicaram que quem é da FDN e passa para o CV é conhecido como "CV Nutela". Para deixar a nomenclatura e ser aceito pelo CV, o novo membro deve matar um membro da facção rival. Bolota teria escolhido o seu amigo de infância como vítima por conta de desentendimentos que eles tiveram quando ambos eram crianças. Mesmo sendo amigos, Bolota guardou o acontecimento na memória e um dia queria se vingar.

Na madrugada de hoje, por volta das 5h, um grupo de aproximadamente 30 homens atravessou a ponte do peixe no bairro Betânia, veio pela Área do Girau e encontrou a casa onde Romulo estava dormindo. No imóvel havia 5 pessoas.  De acordo com testemunhas, o plano dos criminosos era sequestrar Romulo para depois torturá-lo. Mas a namorada da vítima reagiu e Romulo tentou fugir, mas foi atingido com 4 tiros. Segundo a perícia foram 3 tiros no tórax e 1 tiro no pescoço.

O delegado Fabiano Rosas, que esteve no local, contou que Romulo, mesmo menor de idade, já havia sido apreendido por crimes análogos a assalto e homicídio.

O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo e encaminhou para exame de necropsia. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.