Publicidade
Manaus Hoje
ZONA OESTE

Adolescente que assaltava com arma de brinquedo é morto no Alvorada

Segundo a mãe do jovem, ele chegou a dizer que iria trabalhar em uma pizzaria, mas na verdade foi cometer assaltos 04/03/2018 às 12:12
Show 2018 03 04 photo 00011852
(Foto: Gilson Mello)
Conceição Melquiades Manaus

O estudante Moisés Ribeiro e Silva, de 16 anos, foi morto na noite de sábado (2), na rua São Bernardo, antiga rua 7, no bairro Alvorada, Zona Oeste da capital.

De acordo com a polícia, ele foi alvejado com um disparo no tórax. Ele estaria com um comparsa, maior de idade, cometendo assaltos no bairro onde foi assassinado.

A mãe do adolescente, relatou que ele havia chegado do sítio onde trabalha, no Km 28, da AM-010, com três sacas de tucumã. A vítima teria ido vender o fruto para comerciantes do bairro onde morava, o Jorge Teixeira, Zona Leste. Mas, quando retornou, disse que um amigo dele, conhecido apenas como Igson, fez a proposta  para que ambos fossem trabalhar em pizzaria no Alvorada.

Ainda de acordo com os relatos da mãe da vítima, a dupla, ao invés de trabalhar, foi assaltar no bairro, Moisés usava uma arma de brinquedo para cometer os assaltos. Na noite de sábado, ele estava com Igson quando foi assassinado.

A mãe de Moisés disse ainda, que o filho era usuário de drogas, mas que o pai sempre pagava as dividas dele. "O pai dele vendeu a moto para pagar traficante, ele não tinha necessidade de fazer isso", disse a dona de casa, Joana Ribeiro.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para identificar o autor do tiro. O homem que estava com Moisés ainda não foi localizado. 

Publicidade
Publicidade