Terça-feira, 18 de Junho de 2019
POLÍCIA

Jovem que usou carro de motorista de app durante arrastão em Manaus é apreendido

Com um casal, adolescente de 17 anos rendeu a condutora após pedir corrida e deixou a mulher trancada dentro do automóvel depois de cometer os assaltos



deaai_40F27813-2E4C-446D-B820-552BACC7700F.JPG Foto: Arquivo/AC
29/03/2019 às 18:52

Um adolescente de 17 anos acusado de praticar arrastão com o carro de uma motorista de aplicativo em maio de 2018 foi apreendido nesta quinta-feira (28), na casa onde mora, na rua Santa Luzia, bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus.

Segundo a delegada Elizabeth de Paula, titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), o roubo majorado aconteceu na madrugada do dia 12 de maio de 2018, por volta das 5h, na rua Lauro Bittencourt, bairro Santo Antônio, também na Zona Oeste.

“Naquele dia, o adolescente e mais um casal solicitaram uma corrida por meio de um aplicativo de transporte privado urbano. A condutora, ao chegar ao local aguardado, foi rendida pelos três elementos, que utilizaram o veículo da vítima para realizar roubos naquela região da cidade. Durante o arrastão, um dos indivíduos manteve uma faca apontada no pescoço da motorista. Posteriormente, eles abandonaram a mulher trancada dentro do automóvel e deixaram a chave em cima do veículo”, explicou a delegada.

Por meio de rastreador, o filho da vítima conseguiu localizar o automóvel, abandonado em via pública no bairro Santo Antônio. A partir de imagens captadas por câmeras de segurança instaladas naquela área, os policiais civis conseguiram identificar os autores do delito.

Ao cruzarem informações com dados existentes no sistema da Polícia Civil, foi identificado, no 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Boletins de Ocorrência (BOs) de crimes com o mesmo modo de operação, na área de abrangência daquela unidade policial, onde o adolescente estava morando e foi localizado.

“O mandado de busca e apreensão em nome do adolescente foi expedido no dia 8 de março deste ano, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, do Juizado da Infância e da Juventude Infracional (Jiji). O indivíduo foi conduzido até a Deaai, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Em seguida, ele será encaminhado ao Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, situado na rua Vivaldo Lima, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste da capital, onde deverá cumprir medida socioeducativa”, informou Elizabeth de Paula.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.