Publicidade
Manaus Hoje
CRIME

‘Ajoelhe e peça perdão’, diz mãe para assassino de sargento da PM

Após o pedido, o autor do crime afirmou: “Eu só peço perdão pra senhora mesmo. A intenção não era matar seu filho, era pegar dinheiro dele”, disse 22/05/2017 às 10:43 - Atualizado em 22/05/2017 às 12:56
Dani Brito

“Se você se arrependeu eu quero que você se ajoelhe aqui e peça perdão, porque eu só acredito que você está arrependido se você se ajoelhar”. Com essas palavras a mãe do sargento da Polícia Militar, Marcos Aurélio Marques Soares, 52, ficou frente a frente do assassino do filho, Lineker Araújo Silva, 25, preso no último dia 15.

A mãe da vítima, Maria do Carmo Marques Soares, 72, pediu para falar com o autor da morte do filho. "Por que você fez isso com meu filho? Meu filho era um homem de bem, trabalhador e pai de família. Você não acabou só com a vida dele, você acabou com a nossa família inteira. Agora se você me disser que se arrepende do que fez, eu te perdoou", disse a mulher durante a apresentação na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

Após o pedido de dona Maria do Carmo, Lineker afirmou: "Eu só peço perdão pra senhora mesmo. A intenção não era matar seu filho, era pegar dinheiro dele", disse.

O crime ocorreu no dia 21 de abril deste ano, em uma pizzaria localizada na rua Pedras Corais, no bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus.

Conforme o delegado da especializada, Adriano Felix, o rapaz foi preso na avenida Iraque, bairro Grande Vitória, zona Leste. "Desde o dia do crime iniciamos as investigações e com base nas características informadas sobre os autores, chegamos até o Lineker. A compras dele também já foi identificada e a prisão dela é uma questão de tempo", disse.

Em depoimento o autor confessou o crime, porém, informou que a arma utilizada no crime pertencia a comparsa dele, uma mulher identificada como Jaiara Araújo Silva, que permanece foragida. Lineker foi indiciado por latrocínio.

Publicidade
Publicidade