Domingo, 19 de Maio de 2019
FICHA EXTENSA

Apontado como pistoleiro de facção, 'Neném' é preso acusado de 11 homicídios

Com apenas 20 anos, 'Neném' foi preso por matar rival que o delatou, mas já confessou outras mortes. "Sua função dentro do esquema era executar", diz delegado



WhatsApp_Image_2017-01-24_at_10.07.05.jpeg
De acordo com a polícia, Neném é ligado à FDN (Foto: Jander Robson)
24/01/2017 às 10:30

Thalys José Nascimento Costa, 20, o "Neném ", foi preso acusado de participação em pelo menos 11 homicídios ocorridos nas zonas Leste e Norte da cidade. Segundo a polícia, ele é pistoleiro da facção criminosa Família do Norte. "

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Torquato Mozer, a prisão foi efetuada em cumprimento a mandado de prisão pelo homicídio de Jeberson Coelho Rodrigues, ocorrido no dia 28 de agosto do ano passado, em frente a uma casa noturna no bairro São José, zona Leste."O Thalys estava nesta casa noturna comemorando a saída da prisão. Na ocasião ele viu Jerberson, que segundo ele o tinha delatado para a polícia. Este foi o motivo deste crime", disse o delegado.

O infrator confessou a autoria de outras cinco mortes e está sendo investigado pela participação de mais cinco. Ainda segundo o delegado, Thalys pertence a uma facção criminosa, na qual tinha a função de matar pessoas que se opusessem ao crime, com o objetivo de tomar conta principalmente do tráfico de drogas e zonas distintas da cidade. "Sua função dentro do esquema era executar, mas ele cometia outros delitos, certamente". 

Thalys foi indiciado por homicídio e deverá ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisoria Masculino (CDPM).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.