Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
TRÁFICO

Apontado como um dos líderes do Comando Vermelho, 'Keka' é preso em Manaus

Outras três pessoas também foram presas por tráfico de drogas. Uma arma de uso restrito da polícia da Venezuela foi apreendida.



keka_1_79F1B783-06A7-4586-B0F3-B50C4677A2AA.JPG (Fotos: Winnetou Almeida)
10/02/2019 às 11:28

Apontado como um dos líderes do Comando Vermelho em Manaus, Nilson França Gonçalves, conhecido como "Keka", foi preso na madrugada deste domingo (10), durante uma festa da facção criminosa, realizada no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus. Outras três pessoas também foram presas por tráfico de drogas. Uma arma de uso restrito da polícia da Venezuela foi apreendida.

O primeiro homem preso foi Levi Lima, de 22 anos. Ele foi denunciado por tráfico de drogas e acabou sendo pego pela polícia com uma pistola e drogas na rua Ferreira Pena, no bairro Presidente Vargas. Por meio dele, Jonatha Ramos Viana, o "Tinga", também foi preso no mesmo bairro em posse de drogas e um carregador de pistola.



Segundo o tenente Elson Farias, da Força Tática da Polícia Militar, a corporação foi até uma festa que estava sendo realizada em um sítio no Tarumã e encontrou Diogo de Castro Morais, o "Pizza", de 31 anos, e "Keka". O último é apontado pela polícia de ser um dos líderes da facção criminosa, enquanto Diogo é suspeito de gerenciar o tráfico para qual Levi e Jhonata trabalhavam.

Ao todo, foram encontrados 720 trouxinhas de oxi, 247 trouxinhas de skunk, 17 pinos de cocaína, além de porções das drogas e material para embalo. Três armas foram apreendidas, entre elas, uma de uso restrito da polícia da Venezuela, que estava com "pizza".

Os quatro homens já tinham passagem pela polícia e foram apresentados no 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), e deverão ser encaminhados para Unidades Prisionais do Amazonas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.