Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
vitima.jpg
publicidade
publicidade

HOMICÍDIO

Após briga em bar, homem é baleado na perna e morre a caminho do hospital

Irmã da vítima disse que ele discutiu com o assassino e deu um tapa nele, que revidou com um tiro que atingiu a veia femoral


02/09/2017 às 11:27

O mecânico Eduardo Carvalho dos Santos, 37, foi morto com um tiro na perna, na madrugada deste sábado (2), durante uma briga em uma bar na Rua Magalhães Barata, bairro Crespo, zona sul de Manaus

Conforme a Irmã de Eduardo, de 35 anos, o homem estava bebendo com dois amigos no estabelecimento, por volta das 3h,  quando o suspeito do crime chegou no local e começou a discutir com um dos colegas da vítima. 

"O que dizem é que os dois começaram a brigar, Ainda não sei por qual motivo. Eduardo tomou as dores do amigo e deu um tapa no assassino, que atingiu meu irmão com um tiro na perna direita", afirmou. 

publicidade

Ainda de acordo com a Irmã de Eduardo, o tiro atingiu a veia femoral do mecânico. Ele chegou a ser levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da zona sul, mas morreu a caminho da unidade hospitalar.

"Ainda não sabemos o que aconteceu. Só sabemos que o assassino fugiu em uma motocicleta com uma mulher. Estamos tentando conseguir imagens de câmeras de segurança de locais próximos para saber como foi o crime e claro, identificar esse homem", explicou ela. 

De acordo com a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) , ainda não há  informações sobre a motivação do crime, mas testemunhas do assassinato serão ouvidas na sede da delegacia nesta segunda (4).

publicidade
publicidade
Corpo é encontrado no Distrito Industrial com bilhete: 'Devia o Tio Patinhas'
Homem é encontrado com sinais de tortura e tiro de misericórdia
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.