Domingo, 08 de Dezembro de 2019
disparo

Após jogar pedra em viatura, deficiente é morto com tiro disparado por policial

Segundo um vendedor, o policial fez o retorno e atirou de dentro da viatura. O deficiente mental, identificado como Ivan de Paulo da Silva, 33, foi atingido na altura do coração



policial.JPG O caso foi registrado no 30° DIP. O policial está sendo ouvido / Foto: Jander Robson
25/04/2016 às 10:07

Ivan de Paulo da Silva, 33, foi morto com um tiro no peito na manhã desta segunda-feira (25), ao jogar uma pedra na cabeça de um policial militar em serviço. A vítima sofria de distúrbios mentais, segundo o irmão Raimundo Silvano, de 37 anos. O crime ocorreu na avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste.

De acordo com um vendedor de jornais, que viu tudo e preferiu não se identificar, Ivan estava no meio da rua e teria atirado uma pedra na direção de uma viatura da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que passava no sentido oposto da avenida. Um policial que conduzia a viatura foi atingido na cabeça.



Segundo o vendedor, o policial fez o retorno e atirou de dentro da viatura. O deficiente mental foi atingido na altura do coração. O tiro transfixou para a axila esquerda. O caso foi registrado no 30° DIP. O policial está sendo ouvido.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.