Quarta-feira, 23 de Junho de 2021
CRIME FILMADO

Após matar idoso a tiros, assassino é flagrado roubando carro para fugir

Raimundo Sotto Ribeiro, de 60 anos, foi morto com dois tiros no bairro São Geraldo na manhã de hoje. A polícia investiga quem teria sido o autor do crime, que foi flagrado por câmeras de segurança roubando um Onix para fugir do local



05/11/2020 às 14:06

Após o assassinato do autônomo Raimundo Sotto Mayor Ribeiro, 60, na manhã desta quinta-feira (5), na avenida Djalma Batista, no bairro São Geraldo, na Zona Centro-Sul de Manaus, as equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) iniciaram as investigações para identificar o assassino.

Segundo os levantamentos da polícia, as câmeras de segurança fixadas na rua Picos das Águas flagraram o assassino. Durante a fuga, ele rouba um carro Onix, de cor cinza. Ele abandonou o veículo na rua das Cachoeiras, no bairro São Jorge, na Zona Oeste da capital. O veículo foi localizado por meio do GPS e entregue para o proprietário.



Conforme as imagens do circuito de segurança, o assassino está usando boné azul e vermelho, trajando calça jeans, camisa preta com cores diversas e sem máscara.

O crime

Raimundo, que era morador do bairro Morro da Liberdade, estava preparando uma banca para venda de queijo, juntamente com a esposa, na área externa do Mercado Dorval Porto, rotina que fazia há mais de 20 anos. Em determinado momento, um homem desce de um transporte coletivo e dispara dois tiros à queima-roupa contra a nuca do idoso, que morreu na hora.

Após o crime, o assassino, que estava de máscara para proteção da Covid-19, atravessa a avenida, troca de camisa e foge, de acordo com testemunhas.

Após arrumar a banca, Raimundo iria para sua loja de eletrônica, no bairro Dom Pedro, na Zona Oeste. A mulher dele que ficava na venda. Ela não ficou ferida na ação criminosa.

Mistério

Ao A CRÍTICA, os familiares da vítima, que preferiram não se identificar, relataram desconhecer a motivação e acreditam que Raimundo foi morto por engano.

"O Raimundo era uma pessoa pacata e não gostava de confusão. Acreditamos que ele foi confundido, pois nunca foi de briga. O que ele mais gostava era de futebol e trabalhar", disse o irmão da vítima.

Entretanto, a polícia trata o crime como vingança. Isso por que, o assassino conhecia a rotina de Raimundo, porém, não tinha uma rota de fuga planejada. Informações preliminares são de que o autônomo estaria denunciando bocas de fumo no bairro Morro da Liberdade, na Zona Sul. Em contrapartida, outras motivações como agiotagem e rixa não estão descartadas.

Quem puder fornecer informações sobre o paradeiro do assassino que aparece nas imagens, pode entrar em contato com o número (92) 3636-2874, da DEHS. O nome do informante será mantido em sigilo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.