Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
DURANTE A MADRUGADA

Após rebelião em Iranduba, presos são transferidos para Cadeia Pública em Manaus

Detentos tentaram fugir de delegacia do município serrando grades e ateando fogo em colchões. Durante a madrugada, Seap transferiu 36 internos para Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa



motim.jpg Rebelião ocorreu na noite de segunda-feira (8)
09/08/2016 às 12:33

Detentos do 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), realizaram uma rebelião na noite de segunda-feira (8). Segundo a Polícia Civil, os presos tentaram fugir do local serrando as grades de uma cela. Durante a madrugada desta terça-feira (8), 36 internos foram transferidos para Manaus.

De acordo com informações da Polícia Civil repassadas pelo delegado titular do 31º DIP, Ricardo Homero, a rebelião teve início na noite de ontem, por volta das 23h50. Segundo a PC, os internos teriam serrado duas barras de ferro de uma das celas e pulado para outra, onde tentaram fugir com o auxílio de cordas do tipo “Tereza”.

Policiais plantonistas da delegacia perceberam a movimentação por meio de câmeras de segurança e solicitaram reforço da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Força Tática e do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). Os presos chegaram a atear fogo em colchões para intimidar os policiais. 

O Instituto de Criminalística foi acionado para periciar o local e constatar os danos causados.

Após a rebelião, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que 36 internos do município foram transferidos para Manaus. Os presos deram entrada na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoal por volta das 4h30 e permanecem alojados no isolamento da unidade.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.