Publicidade
Manaus Hoje
segurança pública

Após ser declarado extinto, PM volta atrás sobre o programa Ronda no Bairro

Depois de reconhecer o fim do programa, Polícia Militar do Amazonas volta atrás e diz que, apesar das mudanças, o Ronda segue em operação 30/06/2016 às 20:09 - Atualizado em 04/07/2016 às 09:32
Show ronda
Ronda no Bairro continua, resta saber de que forma e se com a mesma presença vista nos últimos anos na capital (foto: Arquivo AC)
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Um dia após informar que o programa Ronda no Bairro estava extinto, o atual comandante geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Augusto Sérgio Farias Pereira, voltou atrás da declaração e distribuiu nota à imprensa informando que o programa continuará em atuação. Nesta quinta-feira (30), a população foi às redes sociais protestar e debateu o tema nas ruas da cidade.

Conforme a nota, o programa, que consiste na divisão em 30 Companhias Interativas Comunitárias (CICOM), passou por mudanças na escala de serviço dos policiais, o que tem demandado mais servidores.

Em uma entrevista concedida na tarde de quarta-feira (28), o comandante havia informado que o programa foi descontinuado por "necessidade". "Não foi [por] política de governo", destacou.

Ainda em nota, o comandante disse que para atender à demanda do policiamento por conta da mudança na escala, cerca de 1.000 policiais lotados nos setores administrativos atuam no policiamento ostensivo nos fins de semana. 

Por dia, ele ressalta que além dos 600 policiais empregados nas Cicoms, vinculados ao Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) a Polícia Militar, também conta com o reforço de policiais das outras unidades do órgão, como Força Tática, Rocam, Batalhão de Trânsito, Batalhão Ambiental e outros.

"O Ronda no Bairro é uma política de governo de combate à criminalidade em Manaus, sendo instituído por meio de decreto governamental".

"O Decreto lançado no Diário Oficial do Estado do Amazonas  em 10 de outubro de 2011, implantou oficialmente o Programa Ronda no Bairro, institui o aumento de Distritos Integrados de Polícia e estabeleceu a integração das Polícias".

Publicidade
Publicidade