Publicidade
Manaus Hoje
estado de choque

Após ser sequestrado, homem é amarrado e abandonado dentro do seu carro no Tarumã

Vítima havia acabado de estacionar o veículo modelo Gol, de cor preta, em frente a um hotel no Centro de Manaus 29/03/2016 às 21:11 - Atualizado em 30/03/2016 às 16:44
Show mh  1
Após ser sequestrado, homem é amarrado e abandonado dentro do seu carro no Taurmã
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Um homem de 33 anos, que teve a identidade preservada pela Polícia Civil (PC), teve o carro roubado e também mantido como refém de quatro criminosos durante um assalto. O fato se deu na noite da última segunda-feira (28), na rua 10 de Julho, no Centro da cidade.

De acordo com informações repassadas pela PC, a vítima havia acabado de estacionar o veículo modelo Gol, de cor preta, e placas não reveladas, em frente a um hotel.

Após isso, o homem foi abordado por quatro suspeitos, sendo que dois estavam armados, e então colocado para dentro do seu carro novamente.

Após isso, eles levaram a vítima até uma agência bancária, onde o obrigaram a sacar uma certa quantia em dinheiro.

“Ao sacarem o dinheiro da vítima, eles exigiram também o relógio e um cartão crédito”, disse um investigador da PC, que também teve o nome preservado pela equipe de reportagem.

Quando saíram da agência bancária, os criminosos amarraram a vítima e o abandonaram no porta-mala do carro no bairro Tarumã, na Zona Oeste da cidade.

“Ele conseguiu se soltar e aí sim pedir socorro. Ele não soube explicar muita coisa, pois ainda estava em estado de choque”, relatou o investigador.

O caso já foi registrado e já está sob investigação na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv).

Vídeos das câmeras de segurança de estabelecimentos da rua mostram oação dos criminosos. Eles ficam esperando em uma esquina e vêem o momento certo para agir.

“Logo quando o homem sai do carro que havia acabado de estacionar, dois suspeitos se aproximam, sem deixar muitas suspeitas. Nesse mesmo instante, populares passam pela rua mas não percebem o que está acontecendo”, ressalta o investigador.

Segundo o investigador da PC, com as filmagens, será mais fácil localizar os criminosos da ocorrência. Até o fechamento desta edição ninguém havia sido preso.

Publicidade
Publicidade