Terça-feira, 21 de Maio de 2019
POLÍCIA

Aposentado acusado de estupro é preso por divulgar pedofilia em app de mensagens

Daniel Ramos de Sousa, 43, foi preso no bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. Vítima do estupro foi criança de 4 anos de idade



preso-pedofilia_0FFA8B0B-A7BF-4FA4-8499-2D6F943B07F1.JPG
Foto: Divulgação
22/03/2019 às 20:52

O aposentado Daniel Ramos de Sousa, 43, denunciado por divulgar vídeos e fotografias contendo pornografia infantil em um aplicativo de mensagens, foi preso na tarde desta sexta-feira (22), em Manaus.

De acordo com a delegada Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), as diligências em torno do caso foram iniciadas após Daniel abordar uma jovem em via pública, no bairro Novo Aleixo, Zona Norte, e oferecido dinheiro para ela, para que ela mantivesse relações sexuais com ele. Na ocasião, o aposentado exigiu que a garota levasse os filhos dela, de três e quatro anos de idade, para o encontro.

“Em seguida, o aposentado enviou à jovem, por meio de um aplicativo de mensagens instantâneas, vídeos e fotografias com conteúdo de pornografia infantil. A jovem de imediato nos procurou e nos mostrou as mensagens trocadas com o infrator. Em ato contínuo, saímos em busca do aposentado, preso em flagrante no bairro Novo Aleixo”, explicou Coelho.

A titular da Depca informou, ainda, que durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), a equipe da especializada identificou que o aposentado já responde a processo por estupro de vulnerável praticado contra uma criança de quatro anos.

Flagrante

Daniel foi autuado em flagrante pelo crime de difusão de pedofilia. Ao término dos procedimentos cabíveis na Depca, ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, Zona Sul da capital.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.