Publicidade
Manaus Hoje
Parque Tarumã

Assistente social alvejada durante tiroteio é enterrada na Zona Oeste

Tammyrys Alexandre foi atingida por um tiro no abdômen durante confronto entre a PM e dois assaltantes no conjunto Xingu 22/07/2016 às 18:15 - Atualizado em 22/07/2016 às 18:25
Show assistente 85
No dia do crime, Tammyrys estava indo para o salão de beleza se preparar para a colação de grau da irmã / Foto: Jander Robson/Freelancer
Kelly Melo Manaus (AM)

O corpo da assistente social Tammyrys Alexandre, morta durante um tiroteio entre policiais e bandidos, foi sepultado na tarde desta sexta-feira (22), no cemitério Parque Tarumã, na Zona Oeste.

Familiares e amigos da jovem estavam abalados e prestaram suas últimas homenagens à assistente social. Os pais da vítima estavam visivelmente consternados.

O crime aconteceu na última quarta-feira (20), no conjunto Rio Xingu, na Compensa, na Zona Oeste. Tammyrys estava a caminho de um salão de beleza quando começou o tiroteio e foi atingida. Um adolescente foi apreendido. O caso é investigado pela Delegacia Especializada e Apuração a Atos Infracionais (Deaai) e pelo 8° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

De acordo com o diretor do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), Jefferson Mendes, três armas, sendo duas de calibre PT 40 e uma de calibre 38, foram recolhidas e encaminhas ao Instituto de Criminalistas (IC).

Os armamentos serão periciados para saber de qual deles saiu o disparo que matou a jovem e então, determinar quem foi o atirador. Ainda segundo Mendes, o resultado dos laudos deve sair em até 30 dias.

Publicidade
Publicidade