Terça-feira, 29 de Setembro de 2020
TERROR NO RIO

Atentado de piratas dos rios deixa cinco pessoas feridas; criança de 4 anos é atingida

Os piratas teriam atacado a embarcação onde a família de pescadores estaria, próximo ao rio Solimões, em Manacapuru. Os criminosos atiraram contra a embarcação, invadiram e fugiram com pertences dos pescadores



b98d2e01-4c4f-4b0b-85db-decb9f720e0d_448570A8-3086-41E3-805C-ACC3E42C88DB.jpg Foto: Divulgação
14/08/2020 às 11:10

Cinco pessoas, sendo quatro da mesma família, foram feridas por tiros de espingarda durante um ataque de piratas do rio à embarcação onde eles estavam. O ataque aconteceu próximo ao rio Solimões, nas proximidades da vila do Jacaré, em Manacapuru, na noite de ontem (13).

De acordo com informações da polícia de Manacapuru, as vítimas são de uma família de pescadores que tinha ido à sede do município vender pescados. Eles já estavam retornando para casa, quando aconteceu o ataque.



Conforme o delegado, as vítimas estavam em uma embarcação pesqueira, quando foram abordadas por dois homens que estavam em uma lancha rápida de alumínio. Os criminosos fizeram sinal para que a embarcação pesqueira parasse, como não foram atendidos passaram a atirar.

De acordo com os relatos das vítimas, os dois homens desferiram vários tiros de espingarda contra as pessoas que estavam na embarcação. Cinco pessoas foram atingidas, incluindo uma criança, de apenas quatro anos de idade.

O piloto da embarcação pesqueira foi obrigado a parar. Os piratas entraram e, fazendo ameaças de morte, roubaram todo o dinheiro que a família havia arrecadado com a venda do pescado, além dos pertences das vítimas para, em seguida, fugirem da cena do crime.

A embarcação pesqueira retornou para Manacapuru e as vítimas foram conduzidas para o hospital da cidade. O caso foi registrado na delegacia do município e está sendo investigado pela Polícia Civil.

“Nós viemos à cidade vender o peixe, depois abastecemos e já íamos voltando quando fomos atacados. Eles ficaram arrodeando nosso barco em uma lancha, pedindo pra parar e em seguida começaram a atirar. Depois levaram o dinheiro e outras coisas da gente", relatou uma das vítimas.

Um menino de quatro anos foi atingido na região genital e precisou ser transferido para Manaus, assim como o adolescente Mikael Simões dos Santos (17), que também ficou com estilhaços de bala alojados no corpo e deve ser encaminhado ainda hoje para um hospital da capital devido à gravidade dos ferimentos.

As outras vítimas foram identificadas como Maria do Solange Socorro (43), Jorge Aires Bruno da Silva (26) e Natanael Correia dos Santos (46). Estes foram atendidos no hospital de Manacapuru e continuam em observação.

De acordo com informações da polícia de Manacapuru, ontem mesmo uma equipe da Polícia Civil esteve no hospital de Manacapuru, onde realizou as oitivas das vítimas e iniciou o processo de investigação em busca da localização dos suspeitos do crime.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.