Publicidade
Manaus Hoje
EXECUÇÃO

Atiradores mandam clientes saírem de bar e matam a tiros dono do estabelecimento

Uma dupla chegou ao local numa moto, pediu que todos deixassem o recinto e atiraram seis vezes na cabeça e tórax de Raimundo, de 41 anos. O motivo seria uma briga durante um campeonato de sinuca 16/12/2018 às 14:38 - Atualizado em 17/12/2018 às 08:59
Show ce98aeb8 c2c2 4a28 9f61 3ab555023615 0dea31af 59ef 458d b0b9 3470b36e550d
Foto: Jander Robson
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Uma briga durante um campeonato de sinuca resultou na morte do comerciante Raimundo João Neto Monteiro, de 41 anos, no bar de propriedade da vítima, localizado na avenida Arquiteto José Lindoso, do bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte da capital.

Segundo testemunhas que estavam no estabelecimento, dois homens chegaram ao local em uma moto e pediram que todos os clientes, menos o proprietário Raimundo, subissem uma escada que dá acesso a uma rua sem saída para que não fossem atingidos pelos tiros que dariam na vítima. Em seguida, um dos assassinos atirou seis vezes contra Raimundo, atingindo cabeça e tórax. Depois, eles fugiram na moto.

Amigos da vítima informaram que o mandante do crime é morador do bairro Monte Pascoal e é conhecido nas mediações do bar. A família afirma que a motivação pode ter relação com uma briga ocorrida semana passada, quando Raimundo, durante um campeonato de sinuca, teria dado uma tapa em um cliente que estava embriagado e querendo danificar o estabelecimento. O mesmo teria encomendado a morte do comerciante.

O corpo de Raimundo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e segue para ser enterrado no município de Itacoatiara, onde a vítima nasceu. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

Publicidade
Publicidade