Publicidade
Manaus Hoje
ZONA NORTE

Autônomo é morto com sete tiros em conjunto do bairro Cidade Nova

Segundo investigadores da DEHS, Anderson Rodrigues Oliveira, 35, era usuário de drogas e andava pelas ruas do bairro todos os dias 28/04/2018 às 13:44 - Atualizado em 28/04/2018 às 13:44
Show local do crime
Foto: Jair Araújo
Danilo Alves Manaus (AM)

O autônomo Anderson Rodrigues Oliveira, 35, foi morto com sete tiros, sendo um na cabeça, após ser perseguido na noite dessa sexta-feira (27), por uma dupla armada na Rua 1 do conjunto Manôa, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

De acordo com a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), volta das 23h20, Anderson estava sentado na rua sozinho, quando os dois homens estacionaram a motocicleta, o garupa desceu na moto e tentou atirar em Anderson. A vítima tentou correr, mas foi atingida com sete tiros.

A perícia preliminar do Departamento de Polícia Técnico-científica (DPTC-AM) informou que os disparos atingiram as costas e cabeça de Anderson. Após o crime, os suspeitos conseguiram fugir.

A DEHS disse ainda que a vítima era conhecida por moradores do Manôa como “Gordo”. Os investigadores afirmaram que ele era usuário de drogas e andava pelas ruas do bairro todos os dias. A suspeita da equipe de delegacia é acerto de contas com o tráfico de drogas que a vítima devia na comunidade Vale do Sinai, também na Zona Norte da capital. O caso é investigado.

Publicidade
Publicidade