Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Avô é preso suspeito de estuprar o neto no bairro Novo Israel, em Manaus

Investigações apontaram que suspeito vinha questionando orientação sexual do jovem. Adolescente fugiu de casa após o caso ser denunciado 15/11/2018 às 18:07
Show depca 96fc8d89 a695 46d9 bb6d ad0d238d7f9a
Foto: Arquivo/AC
Márcia Monteiro Manaus (AM)

O homem de 55 anos foi preso na tarde de ontem (14) suspeito de ter estuprado o neto de 13 anos quando a criança passava o final de semana em sua casa, localizada no bairro do Novo Israel, Zona Norte de Manaus.

O tenente Diego, da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), disse que policiais receberam a denúncia anônima de que um homem teria abusado sexualmente de uma criança.

Após investigações, a polícia descobriu através de familiares que o suspeito vinha questionando a sexualidade da criança, afirmando que havia feito “um teste” para saber qual seria a opção sexual do menino. 

Segundo as testemunhas, o possível crime foi praticado há uma semana e o homem estaria sobre efeito de álcool.

Ele foi preso no bairro do Manoa, também na Zona Norte, e segundo a polícia, estava embriagado e jogou a responsabilidade do crime para o neto, que fugiu de casa, no bairro do Nova Cidade, assim que soube que os familiares tinham conhecimento sobre o abuso sexual.

O suspeito foi levado para a Delegacia Especializada e Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), e após apresentação, deverá ser liberado já que a vítima não foi encontrada para fazer os exames.

A família deverá explicar a motivação de não ter feito o boletim de ocorrência quando soube do fato ocorrido e também pelo desaparecimento da criança.

Publicidade
Publicidade