Sábado, 18 de Setembro de 2021
Polícia

Baleado por dono de funerária, funcionário depõe nesta quarta (28)

Depoimento será no 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP)



unnamed__1__09DCD76E-DD31-4B0C-B5BE-F6FE0AF81104.jpg Foto: Divulgação
27/07/2021 às 17:28

Patryck Ferreira , uma das vítimas da tentativa de duplo homicídio em uma funerária, localizada na avenida Major Gabriel, bairro Praça 14 de Janeiro, na zona Sul de Manaus, na noite do último dia 19 de julho, prestará depoimento no 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na manhã de quarta-feira (28). 

De acordo com o advogado de defesa das vítimas, Marcelo Amil, Patryck é funcionário da empresária Jurema Franciele Martins, 34, que também foi ferida a tiros na perna e tem uma sociedade com o autor dos disparos, um policial militar da reserva.

Amil informou que Patryck acabou sendo atingido no peito e no braço durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão sobre um veículo, modelo Nissan Pathfinder SE25, alvo de disputa judicial de divisão de bens provenientes de uma sociedade.

Os advogados que compõem a defesa da empresária e do funcionário baleados vão falar com a  imprensa após o depoimento, que está agendado para às 10h30.

O Crime

A empresária esclarece que esteve no local do crime, no dia 19 deste mês, por volta das 17h30, juntamente com um oficial de justiça e dois funcionários para cumprir um mandado de busca e apreensão.

Vítima e autor mantinham sociedade em uma empresa de serviços funerários Jurema afirma que o carro pertence à ela, mas estava em posse do sócio. Após negativa dele de entregar o veículo, a vítima decidiu reaver o bem por meio da Justiça. 

Conforme o advogado Marcelo Amil, a empresária conta que telefonou para o autor assim que chegou à funerária e, de forma cordial, avisou sobre o cumprimento do mandado.  Mesmo com a abordagem amistosa, ele se negou novamente a entregar o veículo e agiu com aspereza e grosseria.

"A minha cliente foi vítima de tentativa de homicídio quando ela tentou acompanhar o cumprimento de uma ordem judicial de busca e apreensão de um veículo. Ela chegou a ser ameaça de morte pela companheira do autor dos tiros. Minutos depois, ele saiu de um carro preto e já foi atirando na direção da empresária e dos seus funcionários, numa clara tentativa de homicídio", destacou o advogado.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.