Domingo, 26 de Maio de 2019
FURTO

Bandidos invadem empresa e furtam câmeras e lentes fotográficas de R$ 45 mil

Caso ocorreu em agência de comunicação no Parque Dez. Eles arrombaram o portão e entraram pelo banheiro dos fundos



Sem_t_tulo.jpg
Entre os itens furtados estão uma câmera Sony, uma câmera Canon e várias lentes (Foto: Reprodução/internet)
31/12/2016 às 18:46

Uma agência de comunicação localizada na rua Raimundo Polari, no conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul de Manaus, foi alvo de um furto na tarde deste sábado (31). Bandidos invadiram o local e levaram duas câmeras fotográficas, duas lentes e outro jogo de três lentes, equipamentos avaliados em R$ 45 mil, no total. O furto aconteceu por volta das 15h45.

“Eles arrombaram a grande do portão e entraram pelo banheiro dos fundos. Não temos ideia de quantos foram, se foi um homem ou mais que isso. Acho que foi um porque do lado de fora ele deixou uma câmera filmadora e um painel iluminador de LED”, disse Luiz Hely, um dos sócios da empresa. Segundo ele, câmeras de segurança de vizinhos podem ter flagrado a ação dos bandidos.

Entre os itens furtados estão uma câmera da marca Sony modelo A7s II, uma câmera Canon modelo 5D mark II, uma lente Canon 70-200 milímetros L2 2.8, uma lente Canon 16-35 milímetros e um jogo de lentes Ronikon 24-50 e 85 milímetros. Todos equipamentos estão avaliados em R$ 45 mil. “São lentes e câmeras profissionais bastante caros”, disse Luiz.

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher, mas deve ser transferido e investigado pelo 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP). “Encontramos lá ainda um chip de celular e uma caixa de fósforo com um cigarro de maconha dentro. Provavelmente são pessoas que vão trocar os equipamentos por droga. Queremos alertar que quem for querer negociar esses equipamentos com facilidade, que informe à polícia”, pediu a vítima.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.