Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
executada

‘Barbie do Tráfico’ é morta a tiros na Rua Lobo D’Almada, no Centro

Fernanda Caroline Chaves Pinho, de 25 anos, foi presa em 2016 no Aeroporto de Mato Grosso quando trazia 40 quilos de maconha do Paraguai



barbie_01015055-5276-46E8-A574-07EC11909711.JPG Foto: Reprodução/Internet
24/09/2019 às 11:34

A garota de programa Fernanda Caroline Chaves Pinho, de 25 anos, foi morta a tiros no fim da noite de segunda-feira (23), na Rua Lobo D'Almada, no Centro de Manaus. “Barbie” ou “Bárbara Caroline”, como gostava de ser chamada, já possuía condenação por tráfico de drogas, foi executada com 4 tiros.

Segundo o delegado Gustavo Cerqueira, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a mulher trabalhava como garota de programa e recebeu uma ligação. Ao sair do seu local de trabalho, atravessou a rua, então um homem, não foi identificado, se aproximou e atirou pelo menos 4 vezes contra a vítima. O autor do crime teria recebido uma ligação e, em seguida, saído do local e se dirigido para o outro lado da rua onde estava a garota de programa.



Segundo o Departamento Técnico de Polícia Científica (DTPC) foi constatado que a vítima foi morta com 1 tiros nas costas e 3 tiros na cabeça. No local foram encontradas cápsulas de pistola calibre 380, que seria a munição usada para o crime.

Em janeiro de 2016, "Barbie" foi presa no Aeroporto do Estado do Mato Grosso, quanto trazia 40 quilos de maconha do Paraguai. O destino da droga seria Manaus. Por conta desse crime, ela foi condenada a 5 anos e 10 meses de prisão. Ela passou 7 meses presa no Mato Grosso até conseguir fugir pulando o muro.

Bárbara foi presa novamente em dezembro de 2016 em Porto Alegre, quando tentava retornar a Manaus, após ir visitar seu namorado gaúcho. Barbie ficou presa até julho de 2018 em Porto Alegre, quando recebeu a liberdade provisória por conta de uma gravidez e então retornou a Manaus.

O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai utilizar câmeras de segurança de estabelecimentos próximos do local para ajudar nas investigações.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.