Publicidade
Manaus Hoje
INVESTIGAÇÃO

Briga na hora de dividir drogas motivou morte de pedreiro, diz polícia

Dois homens foram presos e um adolescente apreendido pela participação no crime, que aconteceu na madrugada desta segunda, em Flores 28/08/2018 às 12:05
Show whatsapp image 2018 08 28 at 11.56.11 0057275c 1bf6 412e 9391 896d85e05784
(Foto: Jander Robson)
Larissa Golvin Manaus

Moisés Corrêa de Souza, 19, conhecido como “Coquinho”, Denilson da Silva Jardim, vulgo “Magrão”, são suspeitos de terem matado a facadas Cícero Moreira, 36, na madrugada de segunda-feira (27), na rua Visconde de Pirassununga, bairro Flores, zona Centro-Sul da cidade. Um adolescente de 17 anos foi apreendido por participação no crime.

De acordo com a Polícia Civil, o trio e a vítima estavam juntos repartindo uma certa quantidade de drogas que iriam consumir. Segundo a Polícia, Cícero teria ficado com maior parte da droga e o restante do grupo se revoltou. Na ocasião o trio invadiu a casa da vítima e desferiu golpes de arma branca contra Cícero, que morreu no local.

Após as investigações iniciarem, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), recebeu denúncias anônimas sobre o paradeiro dos suspeitos, que ainda tentaram fugir com a chegada da polícia, mas foram capturados.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Moisés e Denilson foram presos em flagrante por homicídio qualificado e serão levados para Audiência de Custódia.

Publicidade
Publicidade