Domingo, 08 de Dezembro de 2019
FLAGRANTE

Capitão da PM atira em três pessoas durante festa de aniversário na Redenção

Durante uma discussão, ele sacou sua arma e atirou contra duas pessoas que ficaram feridas no abdômen. Um terceiro homem foi atingido com um tiro de raspão na mão



BAR_DO_AFONSO_944077F8-D186-421E-8033-91B171E43CD4.JPG Foto: Jair Araújo
02/10/2019 às 12:34

O capitão da Polícia Militar do AM (PMAM), Junior Siqueira da Silva, 42, atirou contra três pessoas nesta madrugada de terça-feira (2) durante uma festa de aniversário em um bar, localizado no Conjunto Hileia, Bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Durante uma discussão, ele sacou sua arma e atirou contra duas pessoas que ficaram feridas no abdômen. Um terceiro homem foi atingido com um tiro de raspão na mão.

Segundo o delegado César Rufino, que esta respondendo interinamente pela titularidade do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP),  todos estavam ingerindo bebidas alcóolicas, quando o oficial da PM, Junior Siqueira, iniciou uma discussão com dois homens com idades de 25 e 31 anos, que estavam no local.

Dois  homens atigindos pelos disparos foram levados para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Redenção, Zona Oeste, onde foram atendidos e não correm risco de morte. Um terceiro homem foi atingido com um tiro de raspão na mão e, passa bem.



O delegado informou que o oficial se apresentou, espontaneamente, no prédio da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), sendo, posteriormente, indiciado por tentativa de homicídio e encaminhqdo ao 12 Dip, central de Flagrantes daquela área. 

A Polícia Militar do AM afirmou, por meio de nota, que não compactua com irregularidades e que será aberto um procedimento administrativo para avaliar a conduta do Oficial.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.