Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
CRIME

Caseiro é encontrado morto com tiro na cabeça em área Rural de Manaus

Segundo informações dos moradores, Alemão dizia que estava sofrendo ameaças há um mês de um outro caseiro, conhecido como Pará



MORTE_MORTE_51BD0A82-F68B-4CB9-88A8-7505485EF72D.JPG Foto: Jair Araújo
02/12/2019 às 14:02

Um homem identificado pelo apelido de Alemão, com idade aproximada de 30 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (02) em uma casa que fica no Ramal da Felicidade, Comunidade Novo Amanhecer, com acesso pelo Ramal do Pau Rosa, e depois Ramal da Cooperativa, quilômetro 21 da BR-174, Zona Rural de Manaus.

No sábado a noite, moradores ouviram um barulho semelhante a um tiro, mas acharam que seria algum caçador e não deram importância.



Na manhã de hoje, uma moradora foi solicitar os serviços de Alemão e encontrou o corpo, sem roupa, com um tiro na cabeça. Os moradores desconfiam que foi um disparo de espingarda. A casa estava com os objetos intactos e com as janelas abertas e a televisão ligada.

Segundo informações dos moradores, Alemão dizia que estava sofrendo ameaças há um mês de um outro caseiro, conhecido como Pará. Eles eram amigos e consumiam bebidas alcoólicas juntos. Mas há um mês tiveram uma desavença e Pará atirou na mão de Alemão.

Pará foi mandado embora do sítio que trabalhava como caseiro e conseguiu um emprego em um sítio no Ramal da Cooperativa. Ele cuidava do terreno e matava porcos. Moradores contaram que na manhã desta segunda-feira, ele pegou um ônibus dizendo que ia para Manaus.

Os moradores entraram em contato com a polícia, mas até as 13h de hoje nem a polícia, nem o Instituto Médico Legal (IML) foram ao local.

Seis meses no trabalho novo

Segundo informações de moradores, Alemão estava morando há 6 meses no local. Ele seria natural de Rondônia e teria conhecido uma mulher nas redes sociais e veio para Manaus para conhecer a moça. Mas a relação não deu certo e ele entrou no mundo das drogas.

Para sobreviver, ele trabalhava em Manaus com manutenção de máquinas de lavar roupas. Como não tinha onde morar, um homem conseguiu o emprego de caseiro no Ramal da Felicidade.

Alemão era conhecido na área por fazer serviços nos terrenos e consertava as máquinas dos moradores. De acordo com informações colhidas no local, ele montava vassouras no terreno e consumia muita bebida alcoólica e usava drogas.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.