Publicidade
Manaus Hoje
VIOLÊNCIA

Cinco homens são presos por torturar e quase matar ajudante de pedreiro na ZL

A vítima, que devia R$ 3 mil para traficantes, foi sequestrada de dentro de sua casa e levada para uma residência no Grande Vitória 26/04/2018 às 19:26 - Atualizado em 26/04/2018 às 19:27
Show tortura
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Cinco homens foram presos em flagrante, na quarta-feira (25), por torturar e quase matar um ajudante de pedreiro de 36 anos. A vítima, que devia R$ 3 mil para traficantes, foi sequestrada de dentro de sua casa e levada para uma residência, na rua Seis de Outubro, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste da capital amazonense, onde foi amarrado, espancado e quase assassinado com tiros na cabeça. 

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular do 4º Distrito Integrado de Polícia, os envolvidos são Cidi Marcos Ferreira Valente, 27, Douglas Pereira Prisco, 18, o “Chocolate”, Luiz David Castilho da Silva, 18, Patrick Cordovil Brandão, 24, e Richard Roberto dos Santos Bueno, 26. O quinteto foi preso momentos antes de matar a vítima. Ao menos dez comparsas que também estavam envolvidos conseguiram fugir correndo.

“A vítima nos afirmou que estava com uma arma de fogo apontada em direção à sua cabeça. Contudo, conseguimos evitar que o ajudante de pedreiro fosse executado pelo grupo”, informou o delegado, explicando que a prisão foi possível após o recebimento de uma denúncia anônima. O denunciante informou que uma pessoa estava sendo torturada em uma casa e que provavelmente iria ser morta.

“Nos deslocamos e encontramos Cidi, Luiz, Patrick e Richard em frente ao local. Verificamos que havia cerca de 12 a 15 infratores no lugar, que ao perceberem nossa presença fugiram, mas conseguimos efetuar a prisão desses quatro. A vítima estava amarrada e já tinha sido bastante agredida com uma barra de ferro”, contou. O quinteto foi autuado por tortura e associação criminosa e deve ser conduzido para uma audiência de custódia.

Publicidade
Publicidade