Domingo, 22 de Setembro de 2019
Feijão caro

Comerciante ameaça cliente com faca após ouvir reclamação sobre preço do feijão

Segundo a cliente, o comerciante não gostou de vê-la reclamando do preço do feijão



feij_o.JPG Por apenas reclamar do preço de meio quilo de feijão, no valor de R$ 4,50, a microempresária Glesciane Queiroz, 34, quase foi esfaqueada
06/07/2016 às 10:13

Por apenas reclamar do preço de meio quilo de feijão, no valor de R$ 4,50, a microempresária Glesciane Queiroz, 34, quase foi esfaqueada por um comerciante, de 50 anos.

O caso ocorreu no município de Codajás, interior do Amazonas, na manhã da última segunda-feira (4). Segundo ela, o comerciante não gostou de vê-la reclamando do preço do feijão.

“Eu sempre compro mercadoria no comércio dele e eu só fiz comentar ‘Poxa o feijão está caro né?’ e ele não gostou do comentário”, disse.

Segundo a microempresária, depois do comentário, o comerciante pegou uma faca de açougue, encostou nas costas dela e a mandou se retirar do estabelecimento.

“Eu pensei que ia morrer quando ele encostou a faca nas minhas costas, me xingou, me expulsou do comércio como seu eu fosse uma bandida”, contou, ainda abalada.

Segundo ela, depois do fato, ela chamou a Polícia Militar, que o deteve e o conduziu até a Delegacia do município. Os dois foram ouvidos e um boletim de ocorrência por ameça foi registrado contra o comerciante, que negou tudo.

De acordo com a vítima, no local há câmeras de seguranças, mas as imagens foram apagadas. “Quando fui à delegacia fazer o boletim de ocorrência, outras pessoas me disseram que ele é acostumado a fazer isso com os clientes”, revelou.

O comerciante identificado como Aglício de Azevedo Lima, de 50 anos, foi chamado na delegacia. Ele prestou depoimento e depois foi liberado.

Por meio de assessoria de imprensa, o delegado titular da 72ª Delegacia de Codajás, Osman Anori, informou que o caso está sob investigação e que no momento não poderia repassar mais detalhes sobre a ocorrência.

Medo de ser assassinada

A microempresária informou a reportagem que agora tem medo de sair na rua e que teme pela vida dela e de sua filha. O suspeito não foi localizado, mas o A CRÍTICA está aberto a ouvir a versão dele sobre as acusações.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.