Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
SÉRIE DE MORTES

Comunidade Monte Horebe registra quarto assassinato em menos de 24h

Durante a madrugada, três homicídios foram registrados na área da ocupação, situada na Zona Norte de Manaus. Homem foi encontrado enterrado dentro de uma cova após denúncia



WhatsApp_Image_2019-10-21_at_16.54.17_736579BF-AFC2-4F14-8454-D7B80DCDE736.jpeg Foto: Winnetou Almeida/A Crítica
21/10/2019 às 17:07

Em menos de 24 horas, mais um corpo do sexo masculino foi encontrado nesta segunda-feira (21), na área da comunidade Monte Horebe, ocupação situada atrás do conjunto habitacional Viver Melhor 2, bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus. O homem foi encontrado enterrado dentro de uma cova de aproximadamente um metro e meio.

Desde a madrugada, outros três corpos de vítimas de homicídio foram encontrados na área da invasão. De acordo com o delegado Denis Pinho, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), as diligências em torno do quarto caso iniciaram após denúncia anônima informar sobre o corpo no local. Na ocasião, o Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) foi acionado e, por meio da cadela Fiona, localizou o cadáver.



"Foram quatro disparos de arma de fogo na região da cabeça  e três nas costas, totalizando sete disparos. Estamos apurando se tem vínculo com os outros homicídios de hoje, também aqui na ocupação", disse.

Policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) estiveram no local isolando a área. O Corpo de Bombeiros (CBMAM) retirou a vítima de dentro da cova. O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção.

Outros homicídios na invasão

Na madrugada desta segunda (21), também na comunidade Monte Horebe, o primeiro caso de homicídio foi o de Wendell Santana da Silva, de 23 anos. Segundo a polícia, homens não identificados o abordaram em frente ao bloco 37, do Conjunto Viver Melhor, e dispararam contra ele nove vezes. Três tiros o atingiram no rosto, quatro no peito e dois nos ombros. Foram encontradas cápsulas de fuzil 762 e Pistola Ponto 40.

O segundo caso é de um jovem identificado como John Kevin Ferreira Alves, de 21 anos. Ele foi morto na Rua Jerusalém, local que fica próximo ao primeiro assassinato. John estava na residência dele, com a esposa e uma filha de 3 anos, quando os criminosos o chamaram para o lado de fora. A vítima saiu do imóvel e foi levada para uma outra rua, onde foi morta com Fuzil 762 e Pistola ponto 40.

O terceiro homicídio é de um outro jovem identificado como Alessandro Tiago de Jesus dos Santos, de 23 anos, conhecido como "Lourinho". Ele foi encontrado morto deitado em uma rede, dentro de um barraco na Rua 7, também na comunidade Monte Horebe. A vítima foi atingida por quatro tiros na cabeça, sendo um tiro de fuzil 762 e três tiros de pistola ponto 40. Alessandro Tiago já tinha passagem pela polícia, pelo crime de tráfico de drogas.

A polícia acredita que as mortes têm relação com as brigas de facções criminosas. A DEHS investiga os casos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.