Sábado, 20 de Julho de 2019
ENCONTRO DE CADÁVER

Corpo de homem não identificado é encontrado em terreno abandonado

O comerciante Márcio Oliveira disse que encontrou a vítima, mas achou que ela estivesse dormindo



1.JPG (Foto: Evandro Seixas)
17/09/2017 às 20:13

O corpo de um homem, ainda não identificado, com aparência entre 18 e 20 anos, foi encontrado em terreno abandonado, na Rua Careiro, Bairro São José 1, zona leste de Manaus. O comerciante Márcio Oliveira, 37, disse que encontrou o jovem, por volta das 17h deste domingo (17), enquanto fazia xixi no local. 

Ele contou que trabalha em uma banca de churrasco que fica na parte da frente do terreno, quando foi até a parte abandonada para usar como banheiro improvisado, quando viu o corpo da vítima encostada em uma parede. 

“Ele estava todo encolhido. Alguns dizem que ele foi esfaqueado durante a madrugada, se escondeu aqui nesse lugar, mas não resistiu aos ferimentos”, disse. 
Márcio contou que ainda chamou o jovem, pois achou que ele estivesse dormindo. 

“Eu gritei para que ele saísse do lugar, mas depois vimos que ele já estava morto. Com certeza ele passou o dia todo aí e vimos apenas a tarde”, relatou. 

O comerciante disse, também, que logo em seguida acionou policiais da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que isolou o local, enquanto aguardava a chegada da Polícia Civil (PC). 

A equipe de peritos do Departamento de Polícia Técnico Científica (DTPC) da PC informou que a vítima teve ferimentos de faca na região do pescoço e abdômen. O jovem usava uma camiseta azul e bermuda rosa e usava chinelos. Próximo ao corpo também foram encontradas garrafas plásticas usadas. 

O corpo do jovem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), para o reconhecimento da família e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.