Publicidade
Manaus Hoje
ZONA CENTRO-SUL

Corpo em estado esquelético e sem cabeça é encontrado em invasão no Parque Dez

A polícia suspeita que há mais dois corpos no local e que o encontrado seja de uma jovem de 19 anos que teria ligação com duas facções criminosas que atuam na capital 17/10/2018 às 17:53 - Atualizado em 18/10/2018 às 09:00
Show corpo f7166b49 b3e7 4b27 8d23 a37153c0d421
Local onde foi encontrado o corpo. Foto: Jander Robson
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Um corpo em estado esquelético e sem cabeça foi encontrado nesta quarta-feira (17) enterrado na invasão Buritizal, na comunidade União, bairro Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus. A Polícia Civil acredita que se trata do corpo de uma jovem de 19 anos desaparecida desde o dia 23 de agosto deste ano, quando foi vista pela última vez na Rua Buriti, na mesma comunidade. A polícia suspeita que há mais dois corpos no local.

O cadáver foi achado por meio de várias denúncias anônimas, segundo informou a delegada Déborah Souza, titular do 23° Distrito Integrado de Polícia (DIP). De acordo com a delegada, é muito provável que o corpo seja da jovem, que era ligada a traficantes do Comando Vermelho (CV) e teria sido morta por repassar informações para a facção criminosa Família do Norte (FDN). Ela teria sido morta no mesmo dia que Brenda Geovanna Vasconcelos dos Santos, achada sem cabeça e também enterrada no mesmo terreno. As duas teriam sido apontadas como traidoras e executadas em um tribunal do crime achado no local.

De acordo com o secretário executivo Adjunto de Operações (Seaop), delegado Guilherme Torres, o tribunal, uma casa de madeira, era usado pelo Comando Vermelho há três meses e foi derrubado por policiais militares da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). No local foram encontrados fios elétricos usados nas vítimas e também algumas peças de roupas. Bombeiros e um cão do Canil da Polícia Militar continuam nas buscas por mais dois corpos, sendo de um homem e de outra mulher.

Publicidade
Publicidade