Terça-feira, 23 de Julho de 2019
ZONA OESTE

Corpo esquartejado é encontrado dentro de sacos em rua da Compensa

Partes do cadáver estavam em três sacos de fibra. Um morador da área que o encontrou



sacos_0B1A3C87-5C06-4D87-8AE7-C5823B5FD6B4.JPG Foto: Winnetou Almeida
03/06/2019 às 10:01

Um corpo foi encontrado esquartejado na manhã desta segunda-feira (3) na rua Sebastião Romano no conjunto Rio Xingú, bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus.

Acionados por volta das 7h, policiais militares da 8° Companhia Interativa Comunitária (Cicom) disseram que um morador ligou para viatura afirmando que havia restos de um corpo em um dos três sacos de fibra jogados em via pública. O próprio morador abriu um dos três sacos no qual havia uma cabeça.

“Essa morte foi de ontem para hoje. Mataram em outro local e jogaram aqui. Segundo os moradores, essa rua à noite é isolada e escura”, disse um dos policiais.

As partes foram embaladas em três sacos de fibra e em um deles havia a sigla da facção criminosa Família do Norte (FDN). Além da cabeça, em outros dois sacos estavam braços, pernas e tronco.

Conforme o plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) delegado Rodrigo Azevedo, as indicativas é que o esquartejamento esteja relacionado ao tráfico de drogas.

“O corpo não foi identificado ainda, mas tudo indica que seja do sexo masculino. Quanto à briga do tráfico, nada pode ser descartado nesse momento. Primeiro é identificar quem é a vítima, as vezes nem é daqui do bairro e a partir desse momento iniciar as investigações. A inscrição no saco ao que indica é que a morte está ligada ao tráfico de drogas”, afirmou.

A perícia técnica da Polícia Civil optou por não abrir os sacos e o restante foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Receba Novidades

* campo obrigatório
News karol 5249a044 89f6 4d99 98db 77f68d4ef8e4
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.