Sábado, 25 de Janeiro de 2020
Nesta segunda-feira

Corpos de colombianos mortos em confronto próximo a Coari chegam a Manaus

Para o delegado Guilherme Torres, adjunto do DRCO, não há duvidas de que os colombianos mortos são os mesmos que trocaram tiros com o delegado Thiago Garcez e policiais militares



COLOMBIANOS03.jpg Segundo o delegado Guilherme Torres, os colombianos procuravam formas de fugir da ilha. Foto: Jander Robson
12/12/2016 às 17:32

Policiais do Departamento de Repreensão ao Crime Organizado (DRCO) chegaram na tarde desta segunda-feira (12), com os corpos dos colombianos mortos em confronto em uma ilha próximo de Coari. Uma pistola 9 mm, um fuzil russo AK 47, além de muita munição de ambas armas foram apreendidas e trazidas para Manaus.

Para o delegado Guilherme Torres, adjunto do DRCO, não há duvidas de que os colombianos mortos são os mesmos que trocaram tiros com o delegado Thiago Garcez e policiais militares. Segundo Torres, os colombianos procuravam formas de fugir da ilha. Os dois procuravam barcos e lanchas para a fuga.



De acordo com o adjunto, os colombianos perceberam a  presença da polícia e atiraram contra os agentes. Um dos colombianos segurava um fuzil e outro a pistola. Cada um tinha quatro carregadores. Para o delegado titular Juan Valério, os colombianos tinham conhecimento militar por conta do manuseio do armamento e progressão em selva.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.