Publicidade
Manaus Hoje
EXECUÇÃO

Detento do semiaberto é morto durante churrasco em família no Mauazinho

José Auricélio havia sido preso há dois anos, com outras três pessoas, suspeito de roubar R$ 500 mil de lojas de móveis. Hoje ele tinha um lava jato e foi morto no local, durante reunião familiar 10/06/2018 às 17:16 - Atualizado em 10/06/2018 às 18:12
Show whatsapp image 2018 06 10 at 18.09.05
(Foto: Divulgação)
Ana Sena Manaus

O empresário e detento do regime semiaberto José Auricelio Nascimento Araújo, 40, foi executado com três homens durante um churrasco em família na tarde deste domingo. O crime ocorreu dentro do Lava Jato do Gaúcho, do qual a vítima era proprietário, na rua Abiurana, bairro Mauazinho, Zona Leste. 

De acordo com testemunhas, três criminosos que estavam em um veículo modelo Ranger prata e placa JWX 7856 (clonada) entraram no lava jato da vítima anunciando assalto e chegaram a roubar 10 celulares de familiares antes de executar o empresário, que há dois anos foi preso suspeito de integrar uma quadrilha responsável por roubar mais de R$ 500 mil de lojas como Dinâmica e Apa Móveis.  À família, a perícia informou que não iria ao local do crime.

Conforme a irmã de José, uma marítima de 41 anos que preferiu não se identificar, o empresário estava com a família durante o almoço, quando um taxista chegou no local querendo conversar com ele. Minutos depois que o taxista saiu, os três atiradores chegaram na casa anunciando o assalto. "Um homem armado entrou mandando todos entregarem os celulares e quando o meu irmão levantou da cadeira, ele atirou três vezes, sendo um disparo atingiu a cabeça e dois tiros no peito", relatou.

A marítima contou ainda que o atirador chegou a ameaçar disparar contra o filho do empresário de 6 anos que correu ao ver o pai ser alvejado. "A mãe da criança gritou pedindo para não atirarem no filho dela e, em seguida, os homens fugiram. Eu acredito que foram lá para matar meu irmão, mas não sei o motivo do assassinato", disse. 

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (Dehs).

Publicidade
Publicidade