Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
AGRESSÃO

Detento é morto após ser agredido por presos durante banho de sol em Maués

O detento foi até encaminhado para uma unidade hospitalar da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. A Seap informou que uma investigação será instaurada para apurar o caso



IML_3.JPG (Foto: Arquivo AC)
12/10/2017 às 20:11

O detento Max Colares Pinto, de 40 anos, foi morto após ser agredido por outros presos na manhã desta quinta-feira (12), na Unidade Prisional de Maués (UPM). O homem tinha passagem por roubo, tráfico de entorpecentes, agressão e atentado ao pudor.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que a agressão ocorreu durante banho de sol na unidade nesta manhã. O órgão relatou ainda que Max foi encaminhado para um hospital da cidade, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local.



Segundo a Seap, a Polícia Civil do município foi acionada para a unidade, e uma investigação será instaurada para apurar e identificar os detentos responsáveis pela agressão e homicídio do detento.

Max era foragido do sistema prisional e teria sido recapturado pela Polícia Militar de Maués em setembro deste ano.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.